Quer aprender como ficar rico com ações a longo prazo? Então, evite esses 3 erros

Nos dias atuais, a gente vê muito educador financeiro que atua na internet falando sobre como ficar rico com ações a longo prazo. Isso é contraposto ao que muita gente acha o mais viável: fazer o day trade. Por isso, criamos essa matéria. A ideia é contextualizar os assuntos.

Mais do que isso, saiba que antes a bolsa de valores era vista como uma grande aposta, onde era possível enriquecer rapidamente, da noite para o dia. hoje, não mais. Até pode acontecer isso. Porém, não é o mais indicado. Por outro lado, mais gente fica rica na bolsa.

Como? Investindo em ações sólidas, perenes e pensando no longo prazo. Então, definitivamente dá sim para ficar rico na bolsa de valores. E se você tem um prazo maior para isso, saiba que tem mais chances ainda. Entenda isso considerando os 3 erros mais comuns.

1 – A busca pelo enriquecimento rápido demais

Se há um erro muito comum entre os brasileiros, inclusive, que os impedem de ganhar dinheiro com investimentos é sobre a rapidez com que querem alcançar esse objetivo. Isso porque até dá para ganhar dinheiro rápido. Porém, não é o mais indicado.

Como assim? Quando a gente fala em investimentos financeiros, vamos considerar que temos o profissional trader. Ele é conhecido por fazer operações de curto prazo, no mesmo dia, pensando na valorização de papéis. Então, dá sim para ganhar dinheiro dessa forma.

Porém, para ser um trader você tem que ter muito estudo, muito mesmo. Sem contar que vai precisar ter algum bom recurso para começar a fazer isso. Sendo assim, em se tratando de novos investidores, o ideal é não pensar no day trade como forma de enriquecer.

Inclusive, a boa notícia é que há várias técnicas que podem ser usadas hoje além do day trade na bolsa de valores. Por exemplo, aquela que diz sobre comprar ações pensando no longo prazo. Assim, você deve analisar friamente a empresa nesse prazo maior e não apenas no hoje.

Ainda que isso também vá exigir de você um estudo, saiba que ao comprar ações de empresas sólidas, a sua chance de descobrir como ficar rico com ações a longo prazo é bem grande. Já no curto prazo, o risco aumenta exponencialmente.

2 – A falta de regularidade nos aportes

O próximo dos erros que temos aqui é sobre a falta de regularidade nos aportes mensais que devem ser feitos em investimentos. Se nós estamos falando sobre ações no longo prazo, pense ainda que exista a valorização no decorrer do tempo, os aportes fazem a diferença.

Para explicar melhor isso, vamos avaliar a questão dos dividendos. Se você não sabe, considere que são como pagamentos de juros que são feitos ao investidor, além da valorização do papel. Ou seja, dá para receber dividendos na conta da corretora todo mês, dependendo das ações.

Aqui entra um detalhe importante: como o dinheiro está na conta da corretora, saiba que você poderá usá-lo como quiser. Por exemplo, para gastar com as compras de fim de ano. Por outro lado, você também pode usar para reinvestir e isso é o que o torno interessante demais.

Afinal, estamos falando sobre juros compostos. Sim, nas ações acontece os juros compostos, seja para mais ou para menos. Mas, o que isso quer dizer? Que se uma ação vale R$ 10 hoje e ela tem alta de 1%, amanhã estará valendo R$ 11. E se amanhã tem alta de mais 1%?

Então, esse novo 1% é sobre os R$ 11 e não sobre os R$ 10 que ela custava inicialmente. Entendeu? Assim, fazer novos aportes é sempre uma forma de aumentar o patrimônio sem que você tenha que fazer grandes investimentos de uma só vez.

3 – O uso da mesma estratégia por toda vida

Qual é o intuito dessa matéria? Falar sobre como ficar rico com ações a longo prazo. No entanto, não fique fechado a ideia de que investir dinheiro é apenas comprar ações da bolsa de valores, está bem? Até você chegar aqui há uma longa caminhada.

Essa caminhada se inicia lá atrás, com a montagem da reserva de emergência, que geralmente fica na renda fixa. Mas, ainda que seja dentro do mercado acionário, saiba que você não precisa comprar muitas ações diferentes. Porém, deve sempre rebalancear a carteira.

Vamos imaginar que você tenha dividido a sua carteira em partes iguais entre bancos, ações do setores essenciais e tecnologia (esse é só um exemplo hipotético e que não existe, hein). Então, daqui um tempo você vai ver que uma parte valorizou mais do que a outra.

Então, o que você faz? Um rebalanceamento das ações. Assim, uma técnica é a de comprar as ações caíram e não as que estão em alta, ok? Claro que isso vai depender da sua estratégia, né. Mas, essa ideia de manter a carteira sempre alinhada é bastante interessante.

Logo, a sua chance de se dar bem com a valorização dos papéis aumenta do que se você comprasse apenas ações que estão em alta. Afinal, elas podem ser desvalorizadas também.

Dá mesmo para ficar rico com ações para o longo prazo?

como ficar rico com ações a longo prazo

Um ponto interessante é estudar uma matéria que fizemos sobre o Gustavo Cerbasi. Só por curiosidade, saiba que ele chegou a investir 95% da carteira total em ações. Mas, hoje em dia ele tem somente ativos da renda fixa, acredita? Entenda a história na matéria que fizemos há alguns dias e cita os investimentos do Cerbasi.