Confira esse guia e saiba como é feita a análise de crédito imobiliário

ANÚNCIO

Você já parou e pensou sobre a análise de crédito que os bancos fazem todas as vezes que um cliente ou interessado solicita um crédito? A gente pensou nisso e vamos focar em mostrar um guia prático de como é feita a análise de crédito imobiliário em diversos bancos do país.

Talvez você não tenha parado para pensar nisso ou talvez você já tenha passado por isso e viu como não é tão simples assim ser aprovado nessa análise. Então, vamos entender porque algumas pessoas têm mais dificuldade do que outras.

ANÚNCIO

Afinal, é uma parte do processo de financiamento de imóveis muito comum em todos os grandes bancos, como a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil, o Bradesco, o Santander, o banco Inter, entre outros.

O que é a análise de crédito

Para saber como é feita a análise de crédito imobiliário você tem que saber o que é isso. Então, comece estudando o fato de que é uma pesquisa que o banco faz sobre o cliente interessado e sobre a construtora que vai vender o imóvel.

Sendo assim, nem sempre o futuro comprador é que está com problemas e sim a construtora ou incorporadora. Logo, a análise serve para que o banco tenha condições ideais de dizer que aquela compra vai dar certo e se o cliente vai honrar com o pagamento do empréstimo.

ANÚNCIO

É claro que muita gente não gosta nem de ouvir falar disso. Porém, se a gente pensar mais racionalmente vamos ver que ela faz sentido. Por exemplo, isso vai trazer mais confiança para quem quer comprar um imóvel financiado.

Além do mais, ajuda o cliente a saber se realmente tem como pagar aquela dívida que ele está fazendo. Portanto, é um “resguardo” para comprador e vendedor. Mas, não vamos falar apenas das vantagens da análise. O foco é explica como ela funciona.

Os passos da análise de crédito

Agora, para continuar falando sobre isso, vamos ver quais são os principais passos que acontecem na análise de crédito de um banco para o interessado em financiar um imóvel.

Cadastro

O primeiro passo é fazer um cadastro no banco. Se você já for cliente, saiba que ficará mais simples. De modo geral, a análise é feita em parceria com a construtora. Então, é comum que o interessado envie os documentos para a construtora que repassa para o banco.

De qualquer modo, o cadastro vai envolver dados pessoais e também do imóvel.

Documentos

Para o cadastro, você tem que separar alguns documentos importantes que vão dizer muito sobre você e serão importantes para a provação ou não do pedido de crédito. As construtoras costumam avaliar os documentos, mas é o banco quem dá a palavra final.

Então, tenha em mãos: RG, CPF, certidão de nascimento ou de casamento, certidão de débitos federais, comprovante de renda atualizado e comprovante de residência, também.

Imóvel

O banco também vai avaliar o imóvel, ok? Então, isso tem a ver com a construtora e ele. Logo, qualquer banco vai levar um responsável técnico por avaliar as questões jurídicas e técnicas do empreendimento, que pode estar na planta ou pronto para morar.

Então, o banco vai casar o valor do imóvel com a suas condições de pagar as contas e o empréstimo. Por isso, ele faz essa análise e você pode ter dificuldade na aprovação. Se o valor for muito acima do que você pode honrar, com certeza, o banco não libera o crédito.

Crédito

E em se tratando de crédito, esse é o último passo para entender como é feita a análise de crédito imobiliário. Se o banco fez uma análise financeira do seu histórico e viu que o empreendimento está ordem, possivelmente, ele aceita a sua ideia de financiamento.

Assim sendo, há uma grande variação entre o que ele libera de financiamento, o que você precisa dar de entrada, como ficarão os juros, se vão entrar em alguns programas sociais (como o Minha Casa Minha Vida) e assim por diante.

E se não conseguir a aprovação do banco?

Agora você sabe como é que funciona esse processo de análise de crédito. É claro que a gente fez um resumo para tudo ficar mais simples. Mas, considere que os passos são simples: cadastro, documentos, imóvel e crédito.

No entanto, e quando a pessoa não tem a aprovação do banco? A primeira coisa a fazer é descobrir os motivos. E os bancos são bem sinceros em responder sobre isso. Então, pode ser problemas com a construtora ou com o cliente.

Se o problema for a construtora, fica aí uma boa dica para você pensar duas vezes antes de comprar um imóvel com ela. Mas, se o problema for com você, então, há formas simples de resolver isso. No entanto, você vai precisar descobrir os motivos de negação do banco.

como é feita a análise de crédito imobiliário

Pode ser a falta de comprovação de renda ou a inconsistência de cadastro (por exemplo, você casou e não mudou o nome no RG ou coisas do tipo). Assim como pode ser também o problema financeiro, onde você não conseguir pagar as contas.

E se faltar dinheiro?

Por fim, saiba que se o seu problema for o dinheiro, então, o melhor é você buscar um imóvel mais barato ou juntar dinheiro para dar uma boa entrada e financiar apenas o que faltar.

Considere que o banco é visto como vilão nessa análise de crédito. Porém, ele também pode ser importante para fazer você colocar os pés no chão e saber se realmente vai ter como honrar os compromissos. Use isso como forma de aprender e se estabilizar financeiramente.

ANÚNCIO