Como começar a investir com pouco dinheiro: 3 passos

ANÚNCIO

Os últimos anos foram marcados por crise econômica. E isso pode ter mudado todo o seu orçamento financeiro. O resultado é uma busca incessante por maneiras de ganhar dinheiro – neste artigo, vamos te mostrar como começar a investir com pouco dinheiro.

Na verdade, as pessoas sempre dizem que nunca sobra dinheiro para investir.

ANÚNCIO

Mas, você já parou para pensar que o pensamento pode estar errado: se você ganha algum dinheiro, então, sempre vai ter algo para investir, ainda que seja pouco.

A ideia é justamente essa: mostrar que mesmo que com pouco dinheiro é possível investir.

Como? Você vai ter que conhecer algumas dicas de investimentos para iniciantes.

ANÚNCIO

E não é só isso não.

Confira abaixo os 3 tópicos mais importantes que separamos para este artigo:

  1. Conhecer os investimentos para iniciantes
  2. Saber o que muda no cenário de 2018
  3. Começar a investir com pouco dinheiro

Portanto, saiba que com apenas 10 ou 15% do que você ganha já dá para mudar de vida.

Como começar a investir com pouco dinheiro? Seguindo esses 3 passos abaixo!

1 – Conhecer os investimentos para iniciantes

Lorenna Bisbo é economista e diz que um dos primeiros passos para quem quer saber como começar a investir com pouco dinheiro é conhecer os tipos de aplicações que existem no mercado financeiro atual.

“O ano poderá contar com cenários de incertezas. As eleições, de outubro, podem causar muita volatilidade na economia”, ela observa.

Logo, saber como investir começa por entender os pontos positivos e negativos de cada aplicação financeira.

“Uma dica é entender que o mercado financeiro tem muitas modalidades diversificadas. E as pessoas devem conhecer os tipos que melhor se adequem ao seu perfil”, garante.

Por isso, fizemos uma seleção bem simples dessas modalidades. Confira.

A renda fixa

É um dos principais investimentos para iniciantes e ideal para quem quer saber como começar a investir com pouco dinheiro.

Isso porque basta ter conta em um banco ou uma corretora de valores e analisar as taxas e rentabilidades – considerando que a aplicação é pouco volátil.

O tipo de investimento também pode ser isento de imposto de renda, o que é um bom começo.

Tal qual a LCI (Letra de Crédito Imobiliária) e a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio).

A atenção também precisa estar voltada para os prazos, já que quanto mais longo ele for, melhor rentabilidade terá.

Conheça algumas das rendas fixas:

CDB (Certificado de Depósito Bancário)

É um título privado emitido por bancos para a concessão de crédito. Quando você compra um CDB, você empresta dinheiro ao banco e recebe juros por isso.

LCI (Letra de Crédito Imobiliário)

É um título privado emitido por instituições financeiras e é lastreada em créditos imobiliários, garantidos por hipotecas ou alienação fiduciária.

Quando você compra um título de LCI, você empresa dinheiro às instituições e recebe juros por isso.

LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)

É um título privado também de instituições financeiras, atrelado à operações do agronegócio.

Quando você compra uma LCA, você empresta dinheiro e recebe juros por isso.

LC (Letra de Câmbio)

É um título de crédito privado emitido por instituições financeiras. Ele é lastreado para contratos de financiamento para pessoas físicas e jurídicas, mas nada tem a ver com a compra ou venda de moeda estrangeira.

Quando você compra uma LC, você empresta dinheiro e recebe juros por isso.

Debêntures

É um título emitido por empresas com a finalidade de financiar projetos e operações. Quando você compra debêntures, você empresta dinheiro à empresa e recebe juros por isso.

A renda variável

Essa opção não é necessariamente para quem vai descobrir como começar a investir com pouco dinheiro, apesar disso ser possível.

O mercado acionário é muito volátil e pode mudar em todo momento. As flutuações são muitas e diárias.

Logo, quem tem não tem muito tempo para acompanhar o mercado, o ideal é ficar longe da renda variável – até adquirir conhecimento e ter tempo para isso.

O tesouro direto

Essa é uma opção da renda fixa, mas criamos um tópico a parte porque merece atenção.

Se você quer mesmo descobrir como começar a investir com pouco dinheiro vai ter que começar o tesouro.

Nele, o investidor pode comprar dívidas federais, com risco mínimo e rendimentos maiores do que a poupança.

Então, não dá para dizer que você vai ganhar mais dinheiro do que na Bovespa, mas podemos concluir que terá mais rentabilidade do que na poupança – e com menos riscos também.

Os títulos pré-fixados do tesouro tem juro anual já definido. Os pós-fixados tem juro que varia com um indexador, geralmente o IPCA ou a Selic.

A caderneta da poupança

É a aplicação financeira mais escolhida pelos brasileiros, ainda que seja a pior em termos de rentabilidade.

Ela é indica para quem está aprendendo como começar a investir com pouco dinheiro e ainda não sabe quais os tipos de renda fixa.

Então, ir depositando dinheiro na poupança pode ser uma boa opção até que se escolha um CDB, uma LCI ou o tesouro direto.

A rentabilidade da caderneta depende do valor da Selic.

Como começar a investir com pouco dinheiro

2 – Saber o que muda no cenário de 2018

Isso também é importante para quem vai descobrir como começar a investir com pouco dinheiro.

Porque você viu acima que vários investimentos para iniciantes tem a taxa básica de juros da economia, Selic, como base.

Aliás, quase toda renda fixa se baseia nela.

Além disso, há notícias importantes sobre a política e o mercado que podem interferir na sua porcentagem de investimentos ou na sua escolha.

Separamos as principais mudanças previstas para 2018.

O salário mínimo

O último reajuste elevou o valor do salário mínimo para 954 reais.

Ao todo, mais de 45 milhões de brasileiros recebem esse valor, entre aposentados e pensionistas.

Além disso, há o abono salarial, que é um mínimo vigente. Ele é pago a todos trabalhadores que recebem até 2 salários mínimos por mês.

Para receber o ano, o brasileiro precisa exercer atividade remunerada e estar cadastrado no PIS ou no Pasep em pelo menos 5 anos.

O teto maior para os MEIs

Os Microempreendedores Individuais poderão ter um teto de faturamento de até 81 mil reais – e não mais os 60 mil que eram até ano passado.

A tarifa de luz

A tarifa branca entrou em vigor e vai permitir aos consumidores que paguem menos pela luz se não usarem (ou usarem menos) durante as 18 e 21 horas.

Os consumidores vão precisar solicitar as distribuidoras a adesão ao sistema.

O saque a partir de 50 mil reais

Quem precisar sacar mais do que 50 mil reais em espécie, vai precisar avisar o banco até 3 úteis antes, conforme o Banco Central.

O cliente também vai precisar informar o banco o motivo do saque.

O Fundo Garantidor de Crédito

O FGC criou um novo limite para investidores da renda fixa, nos bancos.

Agora, o investidor pode ter a garantia de até 1 milhão de reais.

Mas, há uma regra: para cada banco serão permitidos até 250 mil reais.

Ou seja, para ter a garantia total, o investidor precisaria ter dinheiro investido em 4 instituições diferentes (com 250 mil reais em cada uma delas).

3 – Como começar a investir com pouco dinheiro

Se você conhece um pouco sobre os investimentos financeiros e sabe o que pode mudar no cenário de 2018, é provável que já tenha “a faca e o queijo na mão” para começar a investir.

Mas, será que falta algo para entender por completo como começar a investir com pouco dinheiro? Sim!

Mesmo porque as dicas de investimentos para iniciantes vão além de simplesmente saber sobre taxas e rentabilidades.

Para manter todo padrão do texto que temos até aqui, vamos continuar mantendo a divisão em tópicos.

Você ainda não sabe tudo sobre como começar a investir com pouco dinheiro, mas as dicas abaixo vão te dar uma ideia geral sobre isso.

Leve em conta que mesmo os investimentos para iniciantes precisam de mudanças comportamentais na sua vida.

Acompanhe esses, que podem ser os melhores conselhos financeiros do seu dia!

Os bons hábitos financeiros

Para ter sucesso com os investimentos financeiros é preciso acompanhar o mercado de forma constante e diária.

Isto porque o seu planejamento financeiro pode ser alterado e os recursos melhor administrados.

O ideal é alcançar os melhores rendimentos, portanto, o trabalho tem que ser diário.

Os bons hábitos financeiros têm a ver, especialmente, em ter um controle financeiro praticável e cumprir as metas desejáveis (como investir 10% do salário todos os meses, por exemplo).

Aprenda a poupar 10%:

https://youtu.be/tXfddhCV5mA

Tudo começa com um bom hábito – assim como emagrecer ou passar em um concurso público.

Controle financeiro mensal

Antes de fazer qualquer previsão, saiba qual é a sua renda mensal bruta e líquida.

Ou seja, descubra quanto você ganha de salário, quanto é descontado, quanto chega na sua mão, quanto você gasta, quanto você poupa, quanto gasta.

Esse controle é muito importante.

Para isso, a única dica é fazer uma organização geral – separando os tipos de gastos entre os que são prioridades, os supérfluos, os centavos.

Anote tudo e saiba onde é possível economizar, o que é possível cortar e quanto você vai conseguir poupar.

Sim! Se você quer saber como viver de juros compostos, vai ter que ter dinheiro para investir.

Ah, e não precisa ser muito não, tá bom? Se você recebe apenas um salário mínimo já dá. Você vai poupar uma parte desse salário para investimentos financeiros e boa!

Não fique preso à quanto você recebe e sim a quanto você consegue poupar!

Controlar os Gastos

Aqui no blog, por diversas vezes, já falamos sobre uma técnica de controlar os gastos através da técnica dos envelopes, que é recomendável para todas as pessoas – por ser fácil e simples.

Se você não a conhece, clique aqui.

Mas, se você é uma pessoa mais tecnológica, que gosta de usar aparelhos eletrônicos, então, pode ser que preferi programas de celular, os famosos aplicativos.

E aí, está tudo bem, desde que esse controle seja feito de forma assertiva.

É com esse controle que você saberá para onde está indo o dinheiro, ou seja, com o que você está usando e para quais fins – a regra é que a renda sempre seja maior do que os gastos.

Poupar Dinheiro

É extremamente importante saber poupar dinheiro todos os meses, nem que seja mínimo.

Nunca se esqueça que estamos trabalhando com juros compostos, portanto, quanto antes iniciar os investimentos, mais rapidamente o retorno virá.

Em um primeiro momento, evitar gastos desnecessários é uma medida imediata e simples de ser feito.

Posterior a isso, haverá a necessidade de se pensar em formas de ganhar dinheiro extra e vender objetos em desuso, por exemplo, sempre visando a independência financeira.

As metas financeiras

Agora que você já tem uma grande noção de como começar a investir com pouco dinheiro, compreenda também que suas metas financeiras precisam ser claras e criteriosas.

Buscar na internet “os melhores investimentos financeiros de 2018” não é o que vai te fazer ficar rico.

Mas, com os bons hábitos financeiros, isso se tornará possível.

O que é uma meta financeira? É criar um objetivo para o seu dinheiro, em um determinado espaço de tempo.

Inclusive, saber o valor final (ou aproximado) desse sonho também é recomendável.

Entenda a diferença!

Um sonho é comprar um carro.

Uma meta financeira bem definida é comprar um carro novo em 2019 no valor de 40 mil reais com dinheiro à vista.

Se você tem metas, então, já está muito bem alinhado ao caminho para descobrir como começar a investir com pouco dinheiro.

Pensar no Longo Prazo

Para todas as pessoas que buscam o sonho de viver de juros o resto da vida, o mais recomendável é, a partir de já, pensar no longo prazo em relação à tudo que for comprado, financiado, parcelado.

– o que é poupado hoje vai virar um bom dinheiro amanhã. Reconheça.

Na real, você pode conseguir o quiser no mundo, desde se dedique para isso.

E em todo caso, a dedicação tem a ver com investir tempo e estudo.

O maior erro de quem perde dinheiro no mercado financeiro é justamente esse – a falta de conhecimento.

Quando se tem um objetivo financeiro em vista, tudo fica mais fácil de acontecer.

Estude a possibilidade de ter uma lista e traçar o planejamento de forma física, no papel, para que cada passo seja observado.

O consumo imediato nunca será a melhor opção, mesmo que a principio lhe cause satisfação – mas aí você pensa: esse não é meu objetivo maior.

Entre no mundo das aplicações financeiras

Enquanto você está negociando o seu débito, estude as opções de investimentos financeiros.

Isso é imprescindível para quem quer aprender como começar a investir como pouco dinheiro e viver de juros em 2018.

O mercado financeiro se divide em duas vertentes – renda fixa e renda variável. E acredite: elas têm muitas diferenças, cada uma com suas benesses.

Viver de Juros está inteiramente ligado à independência financeira – assim, se você tem a certeza de que vai receber dinheiro de forma perpétua sem precisar trabalhar, isso valeria para explicar as duas expressões citadas.

Imagine que você tenha conseguido acumular um patrimônio de 1 milhão de reais.

A partir disso (ou com valores menores), você poderia viver de juros, sabe como?

Escolha um investimento financeiro que lhe condiz com as necessidades e receba juros todos os meses.

Pense, com 1 milhão de reais, você conseguiria, facilmente, receber uma renda mensal de praticamente 10 mil reais.

O grande segredo é que viver de juros é um passo lento e que fica lá adiante da escada do planejamento financeiro.

Para ter o rendimento dos juros, é preciso investir dinheiro mensalmente, periodicamente, assiduamente – conforme orientações citadas acima.

A diversificação dos investimentos financeiros

Se você tem pouco dinheiro, entre os investimentos financeiros para iniciantes vão estar a renda fixa e os títulos públicos.

Só que há uma variável nisso: que vai depender dos seus objetivos.

Se você ainda não construiu uma reserva de emergência, saiba que vai precisar encontrar um ativo que te dê liquidez diária, isto é: você vai poder sacar seu recurso quando quiser.

Os grandes investidores sempre dizem para você nunca colocar todo seu investimento em um único ativo e isso é verdade.

Mas, entenda que fazer isso pode ser viável até que você construa sua reserva.

A partir disso, você terá mais liberdade para escolher outras opções.

Porque, observe: se você já tem uma reserva, então, pode começar a variar entre as aplicações: uma porcentagem vai para a renda fixa e outra para a renda variável.

Isso é diversificar a carteira e aumentar os ganhos, entendeu?

Os investimentos para iniciantes mais seguros vão te garantir algumas rentabilidades, ainda que pequenas.

Já os mais arriscados, podem te dar uma boa dose de lucro.

A busca pelo conhecimento

Bom, já podemos dizer que você está no caminho certo para e agora já sabe como começar a investir com pouco dinheiro.

Justamente porque a busca pelo conhecimento tem que ser incessante.

Você nunca deve achar que já sabe tudo ou que sabe demais – porque o mercado financeiro é inconstante.

A grande sacada é estar preparado para o que vier.

Siga os passos acima e encontre sua forma de poupar dinheiro.

Como começar a investir com pouco dinheiro

Bônus – O mais importante é investir

Nós tentamos fazer um guia bem rápido para você entender a importância de se investir dinheiro nos dias de hoje.

A ideia de criar um texto sobre “como começar a investir com pouco dinheiro” foi a de mostrar a todos as pessoas que é possível enriquecer com pequenas atitudes.

Algumas mudanças de comportamento já podem significar uma mudança na vida financeira.

E para complementar este texto, buscamos um conceito compartilhado pela Rico Corretora, que através do economista Roberto Indech, diz que um bom orçamento financeiro pode ser feito da seguinte forma:

  • 50% da renda para o pagamento de despesas fixas (moradia, transporte…),
  • 35% para as contas não fixas, mas essenciais (passeios, viagens, lazer…),
  • 15% para as prioridades financeiras (investimentos, reservas…).

Você consegue entender que não importa muito qual o valor do seu investimento, e sim a porcentagem com que você investe do seu salário?

E se você ainda não entendeu este artigo, vamos resumir em pouquíssimas palavras: como começar a investir com pouco dinheiro: invista uma pequena parte do seu salário e nada mais.

Você não tem que fazer mudanças drásticas ou mirabolantes. Não.

Invista pouco, mas invista sempre!

Esse é o segredo. E na hora de investir não se esqueça de pesquisar sobre os investimentos para iniciantes, que quase sempre vão estar na renda fixa.

Aliás, se você não conhece a renda fixa, melhor ler nosso guia, GRATUITO.

Com informações do G1, Correio do Estado, Magnetis

ANÚNCIO