Banco Inter cria campanha para falar sobre a cobrança de taxas dos bancos

ANÚNCIO

O Banco Inter é o principal banco digital do nosso país. E o seu ponto forte, sem dúvida alguma, é a não cobrança de taxas dos bancos, que normalmente são feitas para cada serviço ou produto que é oferecido no mercado financeiro.

Por exemplo, em um banco tradicional você pagaria uma anuidade em um cartão de crédito. Assim como pagaria também para fazer uma transferência para outros bancos, seja por TED ou por DOC. E também teria o custo da manutenção da conta corrente. No Banco Inter, não.

ANÚNCIO

Isso explica porque muitos brasileiros estão abrindo uma conta no banco Inter. Lembrando que o banco é digital e possibilita, portanto, vários serviços online, sem que a pessoa precisa sair de casa. Aí que esse banco criou uma campanha no final de outubro, no Halloween.

A campanha do Banco Inter

A campanha publicitária que foi criada pelo Banco Inter visa falar sobre a cobrança de taxas dos bancos. E ideia, claro, não é apenas alfinetar os bancos que cobram tais taxas, mas exaltar os próprios benefícios.

Assim sendo, os clientes do banco digital receberam um e-mail falando sobre a campanha, que se chama “Meu banco é um monstro”. E aí, logo na primeira página o banco pergunta: “quanto o seu banco te cobra todos os anos”. E ele mesmo responde: “Talvez ele seja um monstro pior do que você imagina”.

ANÚNCIO

A campanha também tem um vídeo, que foi lançado no Youtube. Ele fala sobre o bancossauro. Nele, o banco fala que uma pessoa gasta aproximadamente R$ 800 de tarifas bancárias. Veja o vídeo completo abaixo, onde o banco digital diz: “não alimente os dinossauros”.

Ao final, o Inter ainda permite que a pessoa faça o teste e descubra qual é o tipo de monstro que o seu banco é. Portanto, mostrando que essa é uma campanha para todos, inclusive, para quem ainda não é cliente Inter.

O teste: monstrômetro

O teste virtual criado pelo Banco Inter é para mostrar, de forma efetiva, quanto uma pessoa acaba gastando, por ano, com as taxas bancárias. É, portanto, um teste focado na cobrança das taxas dos bancos.

Você pode acessar o teste online e gratuito aqui. Sendo que para participar você não tem que pagar nada e nem fazer cadastro. Basta preencher algumas perguntas para ver o resultado final.

Entre as perguntas que são feitas, temos: o valor do pacote de serviços, da parcela da anuidade, do número de transferências, do número de boletos emitidos e do número de saques, também.

A gente fez uma simulação do teste. Alguém que tenha um pacote de serviços de manutenção da conta de R$ 30 mensais e mais uma anuidade do cartão de R$ 12 mensais tem o que o Inter chama de “banco-papão”.

Veja o que ele diz sobre esse tipo de banco: “Desde criança você escuta sobre esse monstro e suas maldades. E, por muitas vezes, você duvidou que ele existisse. Mas, agora que o banco-papão está papando o seu dinheiro, você sabe que ele não é só uma lenda”.

E, conforme as contas do Inter, você gasta mais de R$ 500 anuais com as tarifas do seu banco.

Banco Inter cria campanha para falar sobre a cobrança de taxas dos bancos

O Banco Inter não tem tarifas mesmo?

Após ficar sabendo dessa campanha publicitária do Banco Inter pode ser que você tenha levado em conta não apenas abrir uma conta digital ou ter o cartão sem anuidade, como também saber a verdade sobre as cobranças das taxas desse banco.

E o Banco Inter afirma que tem a única conta corrente totalmente isenta de tarifas do Brasil. Portanto, você não paga nada para abrir a conta, nem para a manutenção da conta, nem para os saques no Banco24Horas, nem para emitir boletos, nem para transferir dinheiro e nem mesmo na anuidade do cartão de crédito e de débito.

Agora, isso não quer dizer que o Inter nunca faça cobranças, né. Por exemplo, você pode sim ter o cartão de crédito sem anuidade. Porém, se precisar de algum serviço extra vai precisar arcar com algum custo.

Se for uma avaliação emergencial de crédito, o custo por operação é de R$ 15. Já se for o uso de canais para retirada em espécie (do cartão de crédito e não do de débito), aí você terá que pagar R$ 30. E tem ainda o custo para uma nova via do cartão, que é de R$ 15 também.

Mas, não se preocupe porque esses são custos que só vão ser cobrados se você precisar de tais serviços, o que nem sempre é comum. E para consultar a tabela com todas as possíveis tarifas que podem ser cobradas, você só precisa acessar aqui.

Saiba como fazer tudo na conta digital com o aplicativo do Banco Inter

Como entrar em contato com o banco Inter

Se você viu sobre a cobrança de taxas dos bancos e ficou interessado em saber mais sobre os produtos do Banco Inter, saiba que ele é um banco digital e, portanto, os canais de comunicação são digitais também. Você pode entrar no site ou baixar o aplicativo.

Banco Inter cria campanha para falar sobre a cobrança de taxas dos bancos

Agora, caso você queira tirar alguma dúvida sobre algum dos produtos ou queira saber mais por outros canais de comunicação, saiba que também dá. O telefone gratuito é o 0800-940-0007 ou o 3003-4070. E o SAC 24 horas é o 0800-940-9999.

Já para quem quer mandar uma carta ou saber a sede do banco, anote aí o endereço: Av. do Contorno, 777, em Lourdes, Belo Horizonte (MG). Por lá, o CEP é o 30110-051. E o CNPJ da empresa é o 00.416.968/0001-01.

ANÚNCIO