Saiba Como Funciona a Pobreza – Genial

Saiba Como Funciona a Pobreza - Genial

 

Olá pessoal, aqui é o Trovó!

Sejam bem-vindos ao nosso canal.

Primeiramente, quero pedir licença porque eu poderia estar de terno, falando economês. E ninguém entenderia nada. Isso não iria te ajudar, só iria atrapalhar.

Então vamos falar numa linguagem simples para que todo mundo consiga ter pelo menos um pouquinho de noção sobre Educação Financeira.

Assunto que deveria estar na grade curricular desde quando você e eu éramos pequenininhos, mas infelizmente não tivemos isso. Então não tem desculpa pra começar a aprender.

Durante a semana me fizeram 4 ou 5 perguntas mais ou menos do mesmo tipo:
“Trovó, como é que eu faço pra ficar rico? “
“Trovó, como é que eu faço para aumentar o meu dinheiro?”
“Trovó, como é que eu faço para enriquecer?”

Sempre a mesma coisa. Então é o seguinte…

Primeiro você tem que entender onde você está. Essa é a primeira coisa. Existem duas categorias muito distintas que mostram onde você pode estar: Riqueza e Pobreza e as duas, matematicamente falando, são muito parecidas.

O que é a riqueza?
É quanto você ganha, menos o quanto você gasta. Tem umas sobras e essas sobras você aplica e recebe juros. Isto é riqueza.

O que é pobreza?
O que você gasta é maior que o quanto você ganha e o que falta você paga juros. Simples assim.

A primeira você recebe juros, a segunda você paga juros.

Como é o Brasil hoje?
Olha só, a culpa não é sua. Educação Financeira deveria ser dada na escola desde os 11 e 12 anos de idade. Mas como isso não existe, vamos focar aqui.

Hoje no Brasil, 7% das pessoas conscientemente ou não, estão na riqueza usando essa fórmula no dia-a-dia que é… Quanto você ganha > quanto você gasta.

E 93% dos brasileiros usam a fórmula da pobreza que é… Quanto você gasta > quanto você ganha.
Bom… Primeiro porque você se endivida. Se você está na pobreza é porque você gasta mais do que você ganha.

“Trovó, eu ganho pouco. O ganhar muito ou ganhar pouco não tem nada a ver com você ser pobre ou ser rico. Como assim, Trovó?”

No próximo artigo eu vou provar para você que uma pessoa que ganha mais, pode estar muito mais endividada do que uma pessoa que ganha menos. Hoje, as pessoas que tem dívida…

Vamos colocar a seguinte situação do Brasil…

Pessoas economicamente ativas, por volta de 100 milhões de pessoas, recebem remuneração que poder ser através de carteira assinada, comissionado, terceirizado, não importa… Você que é empreendedor como é o meu caso, também pode receber uma remuneração.

Agora… 11 milhões de pessoas estão desempregadas e não estão recebendo nada. Isso significa que 90% da população economicamente ativa, recebe dinheiro.

Ganhando, muito ou pouco, não importa… Você ganha. Então o seu problema não é quanto você ganha…

Essa primeira coisa que você tem que entender pra parar de reclamar.

“Eu ganho pouco, gostaria de ter um salário maior.”

O seu problema não é o quanto você ganha. O seu problema é o seguinte… O quanto você gasta, se sobra dinheiro e o que você faz com este dinheiro.

Destas 100 milhões de pessoas aqui economicamente ativas, 50 milhões, (metade delas) recebem entre R$2.000,00 entre R$8.000,00.

Então 50 milhões de pessoas no Brasil recebem entre R$2.000,00 entre R$8.000,00. É um salário muito legal.

O problema destes 50 milhões é que 40 milhões estão endividados com uma dívida média de R$5.000,00.

“Poxa, Trovó não tem jeito, não tenho como não entrar em dívida”.

Vamos ver 20% das pessoas que estão endividadas. Por que elas se endividam?

Porque perdem o emprego, sofrem um acidente ou algum problema de indenização. Então 20% das dívidas são por causa disso, é uma minoria. A maior parte vem por Consumismo.

Vem por você viver em função do que os outros pensam e é sobre isso aqui que a gente vai falar no próximo artigo.

Se você está entre os 20% ou 80% por consumismo, não importa, eu vou te dar uma dica para que você comece a sair da pobreza e entre na riqueza mesmo ganhando um salário relativamente pequeno.

Show de bola?

Então esteja atento ao próximo artigo. Se você gostou e quer aprender mais sobre investimento em uma linguagem super simples…

Basta clicar neste link e se inscrever gratuitamente para o nosso curso gratuito Como Investir com Risco Zero.

Basta clicar no link, cadastrar seu e-mail e se juntar ao Time Trovó Academy.

Eu te espero no curso gratuito. Até o próximo artigo em que eu quero você aqui, na faixa da Riqueza.

Um abraço.

Tchau!

Quais são os Tipos de Renda Fixa?

Quais são os Tipos de Renda Fixa?

Olá pessoal aqui é o Trovó!

No vídeo passado, não sei se vocês lembram, mas eu falei um pouquinho sobre recebimento de juros.

Que é algo que faz muita diferença na vida de quem quer caminhar para riqueza. Lembram?

Riqueza e pobreza, lá do primeiro vídeo.

Pois é, hoje separei pra vocês algumas alternativas para recebimento de juros e, antes de continuar este vídeo, dê um Joinha para curtir e Compartilhe com um amigo, porque é muito bacana.

Qual é o processo para começar receber juros?

Preste bastante atenção… Eu separei algumas das principais alternativas de Renda Fixa para vocês, as mais usuais:

CDB – Uma alternativa de renda fixa onde você empresta dinheiro para o Banco.

Empresta dinheiro para o banco em troca de recebimento de juros.

Via de regra, o capital para iniciar o CDB é na média de R$5000.

As vezes você até encontra CDBs abaixo de R$5.000, mas é mais difícil.

Então, se você tem R$5000 ou acima desse valor, o CDB é uma alternativa.

Temos aqui dois tipos de CDB’s. O CDB Liquidez Diária, que você pode resgatar a todo momento e o CDB de prazo mais longo.

Aí você me pergunta… “Mas qual que é a diferença, Trovó?”

A diferença é a seguinte…

Quanto maior o tempo que você deixar emprestado seu dinheiro ao banco, maior será o juros que você recebe e Menor é o Imposto de Renda.

Então o CDB cobra Imposto de Renda Como?
A maior taxa é 22,5%

Se você deixar menos tempo, a taxa vai caindo até 15%. Então o tempo aqui pode variar de 30 dias a dois anos.

“Trovó paga imposto de renda! Compensa mais que a poupança?”
Sim!!!

O CDB que paga 100% do CDI, toda renda fixa é indexada a algum índice.

Só pra vocês terem uma ideia, CDB, LCI, LCA via de regra, é indexada ao CDI.

Lembra da taxa SELIC? Vamos recapitular…

Lembra da nova regra da Poupança?

Desde 2012 a rentabilidade da poupança atrelada a taxa SELIC, acima de 8,5% (a taxa SELIC), a poupança paga 70% desta taxa.

O CDI caminha junto com a SELIC, pois é muito parecido. Então, dá pra usar uma referencia.

Então o CDB pagando 100% do CDI, significa o que paga mais que a poupança, que estaria pagando 70% do CDI. Certo?

E quando você desconta o Imposto de Renda, mesmo assim o lucro é muito maior do que o da poupança. Então vale a pena!

O ideal aqui no CDB é que você pegue o CDB acima de 95% do CDI.

Vocês vão encontrar várias taxas e tem muitas alternativas no CDB.

É só ir até o gerente do seu Banco, por exemplo… Ele vai te apresentar um monte de coisas, mas qualquer coisa abaixo de 95% do CDI não vale a pena, pois perde para a poupança.

O LCI é muito interessante.

O capital Inicial é um pouquinho maior, por volta de 30 mil reais.

O tempo mínimo via de regra é de 6 meses.

Este tipo de renda fixa é para quem tem um capital um pouco mais alto e não vai utilizar no curto prazo.

Os juros recebidos aqui são maiores que 100% do CDI, paga muito!

“E o Imposto de Renda, Trovó?”

Esta aqui… Presta atenção agora… Esta aqui não cobra Imposto de Renda Pessoa Física.
É isso mesmo, bonitão! Essa aqui é Top!

“Ela não tem Imposto de Renda, é essa que eu quero Trovó!”
Tudo bem, você precisa ter no minimo 30 mil reais e poder deixar no minimo 6 meses.

“Ahh, e se eu precisa sacar antes?”
Você não vai consegui sacar antes!

Esta aqui é uma renda fixa muito top, mas você precisa ter certeza absoluta que não vai precisar do dinheiro no minimo por 6 meses.

Quando você empresta o dinheiro para o LCI, significa o que?
O Banco vai pegar este dinheiro pra financiar projetos imobiliários.

E a LCA também é uma renda fixa super Top com capital inicial por volta de 30 mil reais no minimo.

Aqui você está emprestando dinheiro para o banco para ele financiar projetos agropecuários.

Você não gosta de colocar a mão na massa, pegar na enxada e produzir alimentos, não gosta né?

Então ajuda quem faz isso e vamos financiar produtores, projetos agropecuários.

O tempo também é de 6 meses no mínimo. Aqui também é o ideal pegar acima de 100% do CDI, pois quanto maior o tempo investido, geralmente, maior o juros que você recebe e Imposto de Renda também não tem.

Top demais, né?

Ai você já esta triste e diz… “Pô Trovó, eu estou ferrado e não tenho todo este dinheiro para começar!”

Então meu amigo, sobrou uma alternativa…

Você não vai emprestar dinheiro ao banco, vai emprestar para o Governo, pois aqui o capital inicial é super tranquilo.

Você pode começar com 100 reais. O problema aqui é o tempo… Dificilmente você consegue ficar um tempo aqui menor do que um ano.

Então atente-se, você pode começar mais baixo, porém é preciso deixar um tempo um pouco maior.

Aqui não é atrelado ao CDI, geralmente é atrelado à inflação e tem indexadores.

Você pode estar atrelando a inflação, a taxa de aluguel, vamos dizer assim.
Um exemplo… O que o governo te pagar, a inflação mais 5% de juros.

Show de Bola!!! Você sabe que seu capital vai aumentar 5% e independente da inflação.

Se a inflação for 10% ele vai te pagar 10% + 5% , e a inflação for 3% vai te pagar 3% + 5%.

Então você tem a certeza absoluta que seu capital está aumentando 5% por ano.

É uma alternativa para quem tem baixo capital. Os juros pagos geralmente é menor do que CDB, LCI e LCA.

A regra é a seguinte… Preste atenção pra você não se esquecer a regra da renda fixa.

Quanto maior o dinheiro que você tem e quanto maior o tempo que você deixar investido, mais juros você receberá.

Mas não é porque você tem pouco capital, que vai receber teoricamente menos.

Todos estes são mais interessantes que a poupança. Perfeito? Show de Bola?

Se você gostou, aqui em baixo tem um link para você se cadastrar em nosso curso gratuito “Como investir com Risco Zero”.

Clique e cadastre seu email e venha fazer parte do Time Trovó Academy.

Um abraço até o próximo vídeo.

Pára de pagar juros, é hora de começar a receber.

Mesmo Ganhando pouco não significa que você seja Pobre

Mesmo Ganhando pouco não significa que você seja Pobre

 

Olá pessoal, aqui é o Trovó!
Se é a sua primeira vez neste canal…
Por gentileza… Clique no link que está aparecendo abaixo e vá para o primeiro vídeo, ok?

Recebi muitos comentários show de bola esta semana. Teve alguns meio toscos, é claro neh… Alguns revoltados que estão até aqui, (pescoço) mas não querem sair e não dão o braço a torcer. Eu espero que não seja seu caso, perfeito?

A primeira dúvida que existe é a seguinte…
“Como é que você quer eu enriqueça Trovó? Eu ganho uma merreca, é fácil falar.”

Muito bem, então temos três caso aqui:

Pedrinho ganhando um salário de R$2.800,00
Joãozinho ganhando um salário de R$7.000,00
Zezinho ganhando um salário de incríveis R$17.000,00

Pergunta: Quem destes três você acha que está caminhando para riqueza?
(3 segundos para pensar)

O que você falou?
Claro que é o Zezinho que ganha R$17.000,00!!!

Escuta e presta atenção no que eu vou falar…

Enriquecer não tem nada ver com ganhar muito.

Presta atenção no que eu estou falando, para não ter mais essa dúvida, ok?
Para de dar desculpa.

Vamos lá… O Pedrinho ganha R$2.800,00 por mês. Só ele, gasta R$2.400,00. Sobra R$400,00 e ele investe.

No final de um ano, considerando o recebimento de juros, ele vai ter mais ou menos R$5.200,00 acumulados.

Uma pessoa que ganha R$2.800,00, em 10 anos, considerando que o salário dele nunca vai aumentar… E mesmo que a inflação aumente, ele está investindo.
Ele consegue competir com a inflação e terá mais de R$50.000,00 guardados.

Serão R$50.000,00 ganhando R$2.800,00 por mês. Hoje mais de 50 milhões de brasileiros estão nesta categoria (ganham até R$2.800,00).

Por que a maioria está endividada?
Porque não faz o que o Pedrinho faz e não consegue gastar os R$2.400,00. Gasta muito mais do que isso.

Então o Pedrinho consegue por ano investindo, inclusive ganhando essa merreca… Consegue chegar em R$50.000,00 em 10 anos. Todo ano ele guarda R$5.000,00.

O Joãozinho que provavelmente tem uma posição privilegiada em alguma empresa tem um gasto de R$6800,00. Muito provavelmente, o Joãozinho está na categoria das pessoas que vive em função do que os outros pensam.

Quer morar numa casa melhor, ter um carro melhor, o financiamento da casa fica mais caro e o financiamento do carro também. Paga escola para o filho, para o neto, para o vizinho, pra todo mundo. E consegue guardar aproximadamente R$200,00.

Então num ano, o Joãozinho mesmo ganhando incríveis R$7.000,00, consegue poupar no ano investindo, por volta de R$2.600,00.

O Pedrinho ganhando praticamente ⅓ do salário consegue ter três vezes mais dinheiro no final de um ano. Provavelmente a realidade do Pedrinho é que ele não se importa com o que os outros pensam. Ele sabe a realidade dele, ele sabe onde está pisando, ele não quer que a família dele passe apertos, então ele vive com os pés no chão.

A partir do Joãozinho e Zezinho é onde começa a ostentação e nós teremos um vídeo especificamente falando sobre isto.

No caso do Zezinho, que pô…R$17.000,00!!!
Eu é que queria ter um salário desses!
O problema é que o Zezinho gasta por volta de R$22.000,00.

Por que ele gasta tudo isso?
Porque não tem o menor controle financeiro e na cabeça dele acontece o seguinte…

“Eu ganho super bem, então não tenho que me preocupar!”

Financia carro para ele, financia carro para esposa e para o filho, paga escola para o filho e para a filha, paga escola pro neto, sobrinhos, vizinhos e pra todo mundo. Gasta com um monte de porcaria, tem trocentos gastos desnecessários, tem cinco babás, quatro Personal Trainers e por aí vai.

Analisando friamente, o mais ferrado de todos é o Zezinho porque a dívida dele por mês é de aproximadamente R$5.000,00 (que está faltando para ele).

Quando você recebe juros, isso fica em torno de 10% ao ano e, quando você paga juros, fica por volta de 60% por ano. Então os juros que você paga é muito maior do que os juros que você recebe. Se não tiver disciplina a coisa vai desandar.

Resumindo… O Zezinho rapidamente vai gastar por volta, considerando juros, mais ou menos 6% ao mês, R$100.000,00 por ano, com dívidas. E quando passar um ano, ele vai se desesperar. O que o leva até essa situação, via de regra, é a Ostentação.

No próximo vídeo vou mostrar uma situação de uma pessoa que ganha por volta de R$3.000,00 e que está envidada e como ela faz para sair dessa situação.

Mas o que eu quero deixar claro hoje…
Pelo amor de Deus, preste atenção que vou falar de novo.
Talvez você não tenha entendido.

Você caminhar para riqueza ou para pobreza não tem nada a ver com você ganhar muito ou ganhar pouco. Mas sim com a forma com que você pensa e age perante o que a sociedade acha que você é, ou acha que você tem. Perfeito?

E se você ainda não se inscreveu no nosso curso gratuito, clica no link aqui em abaixo e se cadastre.

Este curso é gratuito e tem várias dicas de como investir e de preferência, com Risco Zero.

Você clica no link, se inscreve e começa a fazer parte do time Trovó Academy.

Veja no próximo vídeo que vou explicar e dar um exemplo prático de como sair da dívida mostrando as regras que eu passei nos vídeos anteriores.

Um abraço, te vejo no curso e até o próximo vídeo.

Para de ostentar hein!!!

Tchau…

É hora de Parar de Reclamar da Vida e Fazer Acontecer!

É hora de Parar de Reclamar da Vida e Fazer Acontecer!

 

Olá, aqui é o Trovó!

Seja bem-vindo ao meu segundo artigo. Se por ventura você não leu o artigo 1 ou não assistiu o vídeo 1, clique aqui para assistir. Você precisará assistir o primeiro vídeo, pois trata-se de uma série de vídeos, onde um se conectará ao outro.

Se você assistiu o primeiro vídeo vamos relembrar o que foi falado.

Eu falei que hoje no Brasil, temos praticamente 40 milhões de pessoas que estão endividadas, porém, mais de 90% das pessoas recebem remuneração. Então o problema não é ganhar dinheiro, o problema é como se planejar.

E hoje vou passar para você uma regrinha de ouro.

Se você está entre os 40 milhões de pessoas que estão endividadas, a primeira coisa que te digo é… Não tenha vergonha, pois como eu te disse, a culpa não é sua.

Isso deveria ser dado em escolas e estar na grade curricular, mas por algum motivo, o governo faz questão de manter a população, vamos dizer assim, sem esse conhecimento, pois facilita na hora das eleições.

Muito bem, você está endividado e a primeira pergunta é: O que fazer?
Primeiro você tem que quitar a dívida. Este é o primeiro passo.

Olha… Aproveita o conteúdo gratuito que estou te passando agora e comece a absorver tudo que foi e que vai ser falado. E se você conhece alguém que está nessa situação, compartilha esse conteúdo.

As pessoas tem a mania de compartilhar criancinha chorando, bebezinho brincando, vídeo cassetada e tudo isso é legal. Só que quando você compartilha esse tipo de conhecimento aqui, você pode estar ajudando uma pessoa muito próxima.

Porque se a pessoa tiver dívida, dificilmente ela vai te falar. Na dúvida, manda esse conteúdo para ela. Conselho de amigo.

O que fazer?
Se você não souber como fazer, acontecerão várias coisas.

A primeira é que você vai entrar em desespero e aqui, é um perigo quando a pessoa se desespera.

Você tende a aumentar a sua dívida e pode afetar o seu relacionamento. E se você tiver alguma propensão a vício, isso pode ser um problema. Alcoolismo, Drogas e outras coisas, podem levar algumas pessoas até ao suicídio.

E tudo começa com o desespero. Então vamos parar de se desesperar, ok?

“Trovó e agora, o que eu faço? Estou endividado.”

Regrinha de Ouro: Primeira coisa você tem que saber é qual é valor da sua dívida, ponto final.

Geralmente não é só uma dívida, são várias. Então você tem que saber.
Coloque no papel quanto você deve para o Banco A, para o Banco C, para o Banco D, E, F e quais são as maiores taxas de juros.

Via de regra, Cartão de Crédito e Cheque Especial são os nossos maiores inimigos, são estes aqui que vamos tentar contar primeiro.

70% de tudo que você ganha… Lembre-se… Você faz parte dos 100 milhões de brasileiros que recebem algum dinheiro, então o seu problema não é a falta de dinheiro.

Então 70% de tudo que você ganha irá utilizar para os “Gastos Gerais”.
O que é Gasto Geral?

Moradia, alimentação principalmente. Se tiver que cortar gastos aqui, vai começar com o luxo, ok?

Se você está endividado, você tem que sair da dívida.
Então aqui a primeira coisa que vai cortar é internet e TV a cabo. Parece que não, mas faz diferença, perfeito?

Alimentação e moradia é sua prioridade. Se o contrato de aluguel já está para vencer, será uma ótima oportunidade para você morar num lar mais barato.

Lembre-se que a maior parte das pessoas que se endividam, muito provavelmente é por viver em função do que os outros pensam. E acredito, na hora que você estiver na pindaíba, poucas pessoas vão te estender a mão.

Então baixa a guarda, more numa casa mais simples e quando você conseguir, se mude para um lar melhor.

Lembre-se, seu objetivo é quitar a dívida.

20% do que você ganha do seu salário, vai para pagamento da dívida.

“Trovó, nunca que eu vou conseguir pagar as dívidas com 20%. Será?”

Os outros 10% você vai investir.

Lembre-se, se você não recebe juros, você não está caminhando para a riqueza, você está caminhando para pobreza.

Então 10% vai para investimento.

“Trovó, para você é fácil falar. Como é que faz? Me dá um exemplo prático de como sair da dívida.”

No próximo vídeo eu vou mostrar alguns exemplos numéricos.

Vou mostrar que mesmo numa situação financeira muito ruim e com endividamento, onde a pessoa está desesperada, seguindo essas regras, ela conseguirá sair da dívida, perfeito?

E se você não faz parte do nosso curso gratuito, inscreva-se no curso “Como Investir com Risco Zero”.

Basta clicar neste link e cadastrar seu e-mail para se juntar ao time Trovó Academy.

Compartilhe este artigo, pois um amigo seu pode estar precisando.

Um abraço.

Te vejo no curso.

Você voltou a fazer dívidas? Isto não é brincadeira!

Você voltou a fazer dívidas? Isto não é brincadeira!

 

Olá Pessoal, aqui é Trovó!

Parabéns, saímos da dívida. Viu como é fácil!!!

Não foi fácil?
Como é que foi este ano para você pagar a dívida?
Provavelmente foi um grande perrengue. Teve que tomar Schincariol quente, não teve picanha, não teve nada disso. Só na verdura e legumes…

Faz parte, é um ano de sacrifício, mas saiu, não saiu?
Agora você começa a andar para frente. Parabéns.

Sabe o que porque o Parabéns?
Porque agora você faz parte de um grupo seleto de apenas 7% dos brasileiros chegam até este ponto.

E a partir de agora você não vai mais pagar juros, mas vai começar a receber.

E não se esqueça de compartilhar esse conteúdo com seus amigos, final de contas, você já quitou suas dívidas.

Vamos começar a aumentar seu patrimônio. E agora a regrinha muda porque agora você não tem mais sangria.

O que é sangria?
É quando começa a faltar dinheiro. Você parou de fechar no vermelho, está no azul e começa agora a receber juros. Agora é outro nível.

Precisa ter muito dinheiro para começar receber juros?
Não, já falamos sobre isto no outro vídeo.

Este último ano fui um ano terrível pra você, pois você ficou praticamente no cabresto, não pode fazer nada e passou um monte de vontades.

Agora nós vamos liberar um pouco para você. 90% de tudo que você ganha, você poderá gastar, ou seja, você voltará a ter alguns luxos, porém, 10% vai para investimento.

De novo eu falo, aqui o controle financeiro é importantíssimo para você não voltar a pagar juros. Acabou isso, hein. Agora é só receber juros.

Está liberado o gasto desde que você não feche no vermelho e mantenha 10% para você investir.
Os 70% que era antigamente agora virou 90%. Esses 20% vamos dizer assim, é aquele Plus que você tanto merece. Afinal, você não trabalha para ficar só pagando dívidas. Você trabalha para viver.

Por 20 anos, os pesquisadores Thomas Escalier e William Dangon, estudaram a cabeça das pessoas que chegaram no Primeiro Milhão.

O que eles queriam saber?
Se existe alguma coisa em comum entre essas pessoas ou se elas se motivam por acaso. Como será que foi isso?

Por 20 anos, que não é pouco tempo, estudaram essas pessoas. E o que eles descobriram?

80% das pessoas que chegaram Primeiro Milhão não casaram com pessoas ricas, não ganharam na loteria e nem receberam uma herança, começaram do zero. Então é possível.

80% das pessoas chegaram no Primeiro Milhão saindo das dívidas e praticamente começaram do zero.

Estou falando para vocês aqui, um passo a passo, da forma correta de como tem que ser.

E o que eles perceberam nestas pessoas que conseguiram chegar no Primeiro Milhão?
A forma que as pessoas pensam e agem faz toda diferença do mundo.

Eles dividiram as pessoas em dois grupos:

O grupo 1 de pessoas que agem e pensam como ricos, vocês a partir de agora.

E o grupo 2 pessoas que agem e pensam como pobres.

E agir e pensar como rico não tem nada a ver com ganhar muito dinheiro nem a ganhar pouco dinheiro, já provei pra vocês isso aí.

A pessoa ganha um pouco dinheiro ela consegue tem um pensamento de rico.
Lembra do vídeo sobre o Joãozinho, Zezinho e Pedrinho ?

Quem tinha o menor salário conseguia guardar mais dinheiro, ele pensava como rico.

E tem alguns comportamentos bem bacanas que a partir de agora é interessante que vocês criem o hábito.

A maioria das pessoas que chegaram a um milhão e começaram do zero, não ostentava. Como não?

Por incrível que pareça quem tem mentalidade de pessoa rica, não tem carrão, não tem casona, e não fica impressionando as pessoas que estão ao redor. Elas vivem pra elas, não vivem para os outros, então não ostentam.

Segundo… Odeiam programas sensacionalistas.

Não souberam explicar porque, mas de alguma forma quando você assiste esse tipo de programa o seu cérebro cria uma trava.

Você perde poder de raciocínio, isto não é legal, isso não estimula o cérebro a criar um caminho para riqueza, pois você começa a se preocupar muito com a sociedade, muito com o que os outros pensam e aí você fica travado.

Outro ponto importante…

As pessoas que conseguiram sair do zero ao Primeiro Milhão, tinham uma outra atitude muito nobre que, inclusive, quero que vocês façam parte, que é compartilhar conhecimento.

Sabe o que você vai fazer agora?
A primeira coisa será compartilhar esse vídeo. Compartilhar o conhecimento é super importante.

E o pessoal do grupo 2 que agem e pensam como pobres, o que acontece?
Eles vivem em função dos outros, por isso acabam se endividado. Se preocupam demais com o que os outros pensam, se preocupam demais com a roupa que vestem, se preocupam demais com o carro que andam e isso é terrível.

Adoram um sensacionalismo, adoram uma fofoquinha, adoram criticar os outros. Falta de mentalidade. E tudo o que aprendem, guardam pra si. Isso é terrível é um pensamento muito mesquinho. Parem de agir assim, tá?

Agora você faz parte dos 7%. A partir de agora, tudo o que você ganha, 10% vai investir.

Vai investir onde, Trovó? Vou investir na poupança? Será que é na poupança?

No próximo vídeo eu vou explicar para vocês o que fazer com os 10%.

Se você ainda não se inscreveu, clique no link abaixo e se inscreva no curso Risco Zero nos Investimentos. Cadastre seu e-mail e junte-se ao time Trovó Academy.

Te vejo no próximo vídeo e no curso.
E agora o bicho vai pegar, é hora de receber juros.

Um abraço!

Está com a corda no pescoço? Respire, não se desespere e saia da dívida!

Está com a corda no pescoço? Respire, não se desespere e saia da dívida!

 

Olá pessoal, aqui é o Trovó!

Enfim chegou o grande dia, o dia que todo mundo quer saber, sobre a aula que mais de 40 milhões de brasileiros estão nesta situação. Este seria um exemplo prático de como sair de uma dívida.

E antes de continuar, curta este artigo, se inscreva em nosso canal do Youtube e compartilhe com seu amigo, porque se ele estiver endividado, dificilmente ele irá lhe falar. Então compartilhe, que você poderá ajudá-lo.

Se você está entrando pela primeira vez no nosso canal, tem um link aqui para lhe direcionar ao primeiro vídeo desta sequencia.

Muito bem gente… Temos uma situação que se enquadra em mais de 70% da nossa população.

Um salário de R$2.800,00 com um aluguel de R$800,00; gastos gerais por volta de R$2.200,00 e uma dívida acumulada de R$5.200,00. O juros pagos ao mês é por volta de 6% ou 70% ao ano. Se ficar do jeito que está e não fizer nada, em um ano, você dobra a sua dívida.

Além de dobrar a dívida, vai bater o desespero, vai afetar o seu relacionamento e tende a aumentar algum tipo de vício.

Hoje a maioria da população recebe um salário, como eu disse pra vocês num vídeo e artigo anterior. Na faixa entre R$2.800,00 a R$8.000,00 mais de 50% da população recebe isso.

O problema não é receber. O problema é não deixar ficar nessa situação de dívida. Aqui existe um deficit. Lembra da regrinha da pessoa que está caminhando para riqueza ou para pobreza?

Se está caminhando para a pobreza, então está faltando dinheiro. Essas pessoas pagam um juros absurdo, por isso que a dívida dobra em um ano. Como é que eu saio desta situação?

O primeiro passo é não se desesperar.

O Segundo é aplicar a Regrinha de Ouro: Qual é a regrinha de Ouro, mesmo?

70% vai para os gastos mensais, 20% vai pagar a dívida e 10% para investimento.

“Poxa Trovó, como é que eu vou investir se eu estou endividado?”
A disciplina começa aqui e vou provar para vocês, que mesmo estando endividado, você consegue investir, e em um ano, pagar a dívida e ainda sobrar dinheiro.

Vamos lá então… Agora vou mostrar como deveria ser aplicado a regrinha do 70% 20% 10%.

O salário dele não tem como melhorar e dificilmente, isso depende dele. Se o contrato de aluguel estiver para expirar, é melhor procurar um aluguel um pouco mais barato, se não estiver para expirar… “Nossa Trovó vai vencer somente daqui um ano…”
Tudo bem, não tem problema mantenha o aluguel.

Onde está o problema desta pessoa aqui?
Nos gastos gerais ela está gastando demais.
Pela regra dos 70%, considerando inclusive o aluguel, o máximo que ela poderia gastar é R$1.960,00. Como já gastou R$800,00 de aluguel, sobra R$1.160,00.

Como é que você reduz de R$2.200,00 para R$1.160,00?
O primeiro ponto é ter controle, você deve controlar, você deve saber o que você gasta.

Primeiros cortes. Tem como reduzir o aluguel? Sim? Não?
Você não precisa morar de baixo da ponte para pagar suas dívidas.

Que gastos você vai cortar?
Almoço e Jantar no final de semana, cinema.. E isso por um ano. É um sacrifício, mas não é pra vida toda. Um ano só.

Vou te provar que se você não fizer isso, a sua dívida vai dobrar, vai para mais de R$10.000,00, e ainda você vai se desesperar.

O que você deve cortar?
Vai cortar a internet, TV A cabo, comer fora, academia (começa a caminhar, faz apoio de solo em casa mesmo). Vá cortando até chegar ao valor de R$1.160,00.

Basicamente o que você vai pagar com este valor, será plano de saúde, alimentação E combustível. Não vai fugir muito disso. Você precisa fazer a conta fechar. Não tem outro jeito, você precisa gastar R$1.160,00 ou reduzir o aluguel.

É possível? Sim, já cansei de ver pessoas neste exemplo de dívidas e rapidamente conseguiam adotar este planejamento, basta virar a chave para este conceito.

Então, seus gastos vão cair para R$1.160,00, somando o aluguel, vai dar os R$1.960,00.
Agora que vem a sacada…

Você vai reservar 20% do que você ganha para pagar dívida que seria R$560,00. O que acontece, via de regra?
As pessoas quando estão nesta situação de dívidas, tem várias dívidas.

O que é preciso fazer?
Você terá que negociar as dívidas, de preferencia consolidar a dívidas.

O que é consolidar?
Você vai pegar todas as dívidas e colocar em uma só. Basicamente você vai descobrir qual das suas dívidas cobra o maior juros e vai tentar consolidar.

Como você vai fazer isto?
Você conversará com todas instituições, fará um novo empréstimo e quitará as outras dividas.

Quando você fizer um empréstimo e fizer essa negociação quando for consolidar a dívida, você vai se surpreender, pois estará mostrando para instituição financeira que você está super endividado, mas que está disposto a pagar.

E você deixa claro que poderá pagar por mês R$560,00. Que você estará se comprometendo em quitar a dívida. A sua dívida que era R$5.200,00 deixará de existir em seu planejamento. Você fará um novo empréstimo e quitará o que devia com aquela instituição e consolidará tudo. A partir de agora você vai pagar uma parcela, pois você ainda não tem habilidade de fazer controle financeiro.

“Qual é a vantagem, Trovó, de trocar uma dívida por outra?”

Várias vantagens: A primeira, você vai ter somente uma prestação para pagar.

A segunda… Na dívida anterior você paga 70% ao ano, depois da dívida consolidada você vai pagar 34% ao ano. Então o que acontece você pagando R$560,00 por mês em 12 meses mesmo você pagando R$7.000,00? Então aumentou em R$2000,00 sua dívida? Você pagou juros?

Pagou! Ninguém vai lhe emprestar dinheiro de graça.

Mas você está pagando uma parcela que cabe no seu bolso, e a partir daqui parou a sangria, você parou de fechar o mês no vermelho. Em exatos 12 meses, mesmo você pagando R$7000,00 de dívidas, você conseguiu quitar sua dívida. Consolidando sua dívida e fazendo a regrinha do 70% 20% e 10% .

Sem o planejamento você dobra a dívida, agora com o mesmo salário e o mesmo valor do aluguel.

E com a Regrinha apenas controlando, você vai quitar a dívida no ano. E detalhe…

“Trovó, estou endividado posso investir?”

Claro que pode. 10% do que você ganha foi para investimento, ou seja, R$280,00 do seu salário mesmo você estando endividado. Você investe e recebe aqui na média 10% ao ano.

Se você multiplicar 12 vezes os R$280,00 vai dar por volta de R$3.000,00 e alguma coisa 10% ao ano de juros. Praticamente conseguiu aumentar R$3.700,00.

Depois de um ano, você pagou a dívida e ainda tem R$3700,00 no caixa. E o que vai acontecer a partir do segundo ano? Você não terá que pagar os R$580,00 pois a dívida já estará paga.

E você pode literalmente transferir para investimento o valor que pagava na dívida e começar a investir . Com tudo isso, você criou disciplina financeira.

O que é a dica de hoje?
Mesmo ganhando R$2.800,00 você consegue quitar a dívida em um ano e ainda guardar dinheiro. E a partir do segundo ano com a disciplina que você conseguiu, vai começar a investir muito mais, e começar a parar de pagar juros e começar a receber juros.

Então. não se desespere.

Gostou do conteúdo?

Se você ainda não se inscreveu em nosso curso “Como Investir com Risco Zero”, clique aqui no link e cadastre seu e-mail e faça parte do nosso curso.

Compartilhe este post, isto é importante!

Acabou a desculpa? A partir de agora você vai entrar no grupo da Riqueza.

Um abraço.

Pare de Choramigar e Preste Atenção nas Dicas!

Pare de Choramigar e Preste Atenção nas Dicas!

 

Olá pessoal!

Está todo mundo pirando o cabeção com a quantidade de informações que nós vimos essa semana e agora já começa a ambição falar mais forte.

“Trovó, passa os macetes para eu conseguir um milhão, passa as dicas para chegar a um milhão.”
Só se eu for no milharal pegar um milho para você.

Pensa o seguinte… Para você chegar no seu primeiro milhão é uma corrida de 100 metros. Nesse momento aqui você está aprendendo a engatinhar, você é um bebê chorão e o máximo que você faz agora é borrar a fralda.

Passo a passo. Primeiro aprenda a parar de choramingar. Comece a engatinhar, comece a andar, gradualmente, até daqui a pouquinho, já participou de uma olimpíada e alcançou o seu Primeiro Milhão.

O que nos vimos esta semana?
A Fórmula da Riqueza e a Fórmula da Pobreza, matematicamente muito parecidas.

Qual é a diferença, para você enriquecer?
O dinheiro que você ganha deve ser maior que o dinheiro que você gasta e essa sobra, você ganha juros.

A Fórmula da Pobreza é o dinheiro que você gasta é maior que o dinheiro que você ganha e o que falta de dinheiro, você pede emprestado e paga juros.

Na Fórmula da Riqueza você recebe juros e na Fórmula da Pobreza você paga juros.

Nós vimos também como fazer para sair da dívida. Mais de 50 milhões de brasileiros hoje, estão com dívidas altas. Primeira coisa para resolver, baixa a bola, parar de ostentar, ser humilde e seguir a Regra dos 70% 20% 10%.

70% do seu salário você irá utilizar para gastos gerais, 20% para quitar as dívidas e 10% você vai investir em você. Sim, você vai investir mesmo estando com dívida. Se ainda tiver dúvidas volta no vídeo da Regra 70% 20% 10%.

Provei para vocês, que não é preciso ganhar muito para entrar na Fórmula da Riqueza. Lembra do exemplo Zezinho, do Pedrinho, do Joãozinho?

A pessoa que ganhava menos é que tinha maior renda acumulada no ano.

Para de dar essa desculpa, de ficar achando que quem ganha muito consegue guardar mais, não é esse o seu problema.

Nós vimos a Regra Diamante. É quando você saiu da dívida e a partir daqui você pode começar a se dar o luxo de sair aos finais de semana, ir ao cinema, começar a gastar mais. Você poderá gastar até 90% de tudo que você ganha. Desde que os 10% você invista e não feche o mês no vermelho.

A partir da da Fórmula da Riqueza você já parou de pagar juros.

Literalmente, demos um pé na bunda dá Poupança. Eu já provei que vocês estão perdendo para inflação, que estão perdendo poder aquisitivo, que vocês não recebem juros e estão alimentando o sistema.

O mais importante foi o último vídeo em você saiu da Fórmula da Pobreza, pois pegava dinheiro emprestado do banco, e chegou até a Fórmula da Riqueza, quando você empresta dinheiro para o banco mesmo tendo capital super baixo.

No próximo vídeo, vou dar um exemplo detalhado de como você faz isso. Como você empresta dinheiro para o banco, recebe juros, mesmo tendo um capital baixo.

Curta este conteúdo, compartilhe, deixe o seu comentário e se inscreva no nosso curso gratuito Como Investir com Risco Zero.

Um abraço!

Aprenda a Poupar 10% do seu Salario… É a hora de receber juros!

Aprenda a Poupar 10% do seu Salario... É a hora de receber juros!

Olá Pessoal, aqui é o Trovó!

Você já deve estar se perguntando o que o Bob Esponja está fazendo aqui.

Esse cara é um exemplo. E sabe porque ele é um exemplo?
Porque ele é uma esponja. Vocês já viram um esponja no mar, de verdade?
Ela não faz nada, nem se mexe. Mas o Bob Esponja por ser uma esponja, ele pode tudo.

Ele pode cantar, ele pode andar, pode pensar, sacanear os outros, brincar, gargalhar, pode fazer sucesso. O Bob Esponja é um exemplo e, se ele pode tudo, você também pode.

E hoje chegamos agora no tão almejado… O que fazer com os 10% do salário?

Porque agora você não tem mais dívidas e está sobrando dinheiro, certo?
Agora você quer começar a receber juros.

Ah, compartilhe este conteúdo com as pessoas que você gosta.

Muito bem… Ontem eu recebi um e-mail super legal de uma pessoa que estava inscrita no nosso canal, falando o seguinte:

“Trovó, está top demais. Estou conseguindo e já tenho mais ou menos R$3.000,00 na Poupança e estou começando a receber juros. Isso não é legal?”

Pela amor de Deus, nãããããão, poupança, não!

Você acha que está recebendo juros na poupança?
Vou mostrar para vocês que não!

Hoje, mais de 100 milhões de brasileiros tem dinheiro guardado na poupança. É muita gente!
Se somar este valor, dá mais ou menos, 650 bilhões de reais na poupança.

E porque que as pessoas investem na poupança?
Por falta de conhecimento e porque não estão assistindo este vídeo aqui ou acompanhando este conteúdo. Também porque não tiveram Educação Financeira quando eram crianças.

A partir de agora não tem mais desculpa, por isso recomendo que você compartilhe este conteúdo.

A regra da poupança mudou desde 2012. Qual que é a regra de rendimento da poupança hoje?
O rendimento da poupança está atrelado a uma taxa chamada SELIC.

O que é taxa SELIC?
SELIC é menor taxa de juros que pode ser cobrada pelo mercado. Essa taxa é medida anualmente e hoje está por volta de 13.8% ao ano.

O que a taxa SELIC tem a ver com a poupança?
Segundo a nova regra, toda vez que a taxa SELIC tiver igual ou maior a 8,5%, que é o que está acontecendo agora, a poupança vai render 70% da taxa SELIC.

Como está acima de 8,5% a poupança vai render 70%, e isso é alguma coisa próxima a 9,6% ao ano. Isso é o que vai render a poupança.

O problema é que temos um outro fator aqui chamado inflação, que hoje está por volta de 10,6% ao ano.

A inflação é 10.6% e a poupança paga 9.6%…

Presta atenção porque Isso é importante.

Você está perdendo 1% ao ano do seu patrimônio, do seu poder aquisitivo e está perdendo dinheiro na poupança.

Para você entrar no caminho da riqueza, você tem que receber juros. Aqui você não estará recebendo juros, você estará perdendo 1% e aqui o juros acumulados é -1%, está descapitalizando.

Pensa comigo agora…
650 bilhões de reais na poupança. Se no ano perde 1% de 650 bilhões. São quase sete bilhões que vão para o ralo todos os anos. Você fica cobrando políticos, não fica? Que politico não nada e está desviando verba? Que está torrando o dinheiro e não investe em educação, transporte, segurança, não investe em nada.

Isso é culpa dele e você está fazendo sua parte?
Você está contribuído com essa desvalorização da poupança. Se hoje tem 650 bilhões na poupança, você também é culpado.

Essa perda de rentabilidade de -1% é um desastre para a economia. A partir de agora não basta você passar regrinha dos 10% do salário, você tem que investir de forma consciente.

Poupança você não aumenta patrimônio, você perde poder aquisitivo. A partir de agora, poupança é carta fora do baralho.

No próximo vídeo eu vou mostrar pra vocês uma outra tentativa em relação à poupança que é tão segura quanto, e você ainda recebe juros.

Eu te espero em nosso curso. Clique no link e se inscreva gratuitamente. Venha aprender a investir de forma segura e sem risco.

Compartilha esse vídeo, se inscreva no nosso canal. Te espero no próximo vídeo.
Ah… E seja como o Bob Esponja, determinado.

Um abraço!

Se o seu banco falir? Tá tranquilo, tá favorável?

Se o seu banco falir? Tá tranquilo, tá favorável?

 

Olá pessoal, aqui é o Trovó!

Hoje o assunto é interessantíssimo.

“Trovó , o que acontece se o banco falir e eu tiver dinheiro na poupança?”
Se você tiver na poupança, merece umas palmadas. Você não deveria ter mais dinheiro investido na poupança.

A regra é a seguinte… Existe um órgão que se chama FGC – Fundo Garantidor de Crédito, é como se ele fosse um seguro.

Pensem comigo… Se você tivesse um milhão de reais na poupança e se por ventura este banco falir, você recebe somente R$250.000,00 por CPF, por Instituição Financeira.

“Como assim Trovó, é muito difícil um banco top falir?”
Será que é difícil? Em 2008 o Lehman Brothers, um banco três vezes maior que o Bradesco quebrou, um banco gigante. Então acredite, um banco pode quebrar e você não vai quebrar junto porque agora você faz parte dos 7% de pessoas que estão caminhando rumo a riqueza.

Você não pode contar com esta garantia de R$250.000,00 do FGC.
Então, se você tiver um milhão de reais na poupança qual deveria ser a regra?
Dividir em quatro fatias de R$250.000,00, uma para cada banco.

Eu já provei para vocês que poupança não foi feita para ganhar dinheiro, ela foi feita para você manter o seu poder aquisitivo.

O problema é que hoje em dia a poupança está perdendo para a inflação, então você está perdendo dinheiro. Por isso que a Poupança é carta fora do baralho desde quando mudou a nova regra em 2012.

Hoje como eu falei para vocês, mais de 100 milhões de pessoas investem na poupança.
Por que vocês acham que elas investem na Poupança?

São três motivos principais:

Medo
Falta de conhecimento
Falta de tempo para acompanhar investimento

As pessoas acham que a Poupança é segura, mas não é! Você tem uma garantia de R$250.000,00 caso seu banco quebrar. Não faz nenhum sentido deixar seu dinheiro na poupança, perder 1% ao ano e ainda correr o risco do banco quebrar. Então vamos virar a chave agora para você parar de perder juros e começar a receber juros.

“Existe alguma forma, Trovó para eu conseguir receber juros de forma segura?”
Tem… Você emprestar o seu dinheiro para um banco. Já imaginou que coisa linda, isso?

Sim é possível. Você parou de pagar juros, saiu da dívida, parou de pagar juros absurdos e agora você vai inverter o papel e vai emprestar dinheiro para o banco.

Porque você faz isso?
O banco precisa emprestar dinheiro. Como é que o banco ganha dinheiro com juros?
É mais ou menos assim… Eu sou uma pessoa que está endividada e pego dinheiro do banco emprestado a 6% ao mês. Este dinheiro que o banco empresta pertence a quem?

É o dinheiro que eu empresto ao banco. Em troca disso, ele me paga 1%.
De 6% que eu paguei ao banco, 1% ele repassa para outra pessoa que “autorizou o banco” a emprestar o dinheiro.

E isso se chama Renda Fixa. A grande vantagem da Renda Fixa é que se você emprestar seu dinheiro ao banco e o banco quebrar, o FGC dá a mesma garantia que a poupança. Isso é fantástico porque você terá a mesma segurança da Poupança, só que o juros que você recebe é muito maior.

Vamos a um exemplo: A Poupança paga 9,6%, um CDB (que é uma Renda Fixa) paga por volta de 14% ao ano, e nele tem imposto de renda. Vamos considerar que isso vai cair para 12,5%. Então seria 9,6% a Poupança, e 12,5% seria o CDB líquido. Nós temos a inflação de 10,5% ao ano. E com a mesma segurança do FGC, na Poupança ,você está perdendo 1% ao ano, e no CDB você está ganhando quase 3% ao ano. Apenas tirando da Poupança e autorizando o banco a emprestar o seu dinheiro em troca de juros.

Você tem a mesma segurança da Poupança, e você vai receber juros ao invés de pagar. Você estará aumentando seu patrimônio. E porque você não investe?

Simples… Porque o banco precisa que você pague um juros abusivo para ele sobreviver, só que em contrapartida não tiver pessoas que autorizem o banco a emprestar o dinheiro, você se prejudica. Quem que você acha que tem este conhecimento?
Só quem tem muito dinheiro.

A grande sacada é que você não precisa ter muito dinheiro para emprestar para o banco. E e quanto de dinheiro você precisa ter para emprestar ao banco?
Isto é assunto para o próximo artigo e o próximo vídeo.

Curta este conteúdo, compartilhe, deixe seu comentário e se inscreva em nosso curso gratuito Como Investir com Risco Zero.

Um abraço.

Escolhendo a Melhor Renda Fixa

Escolhendo a Melhor Renda Fixa

 

Olá Pessoal, aqui é o Trovó!

Está todo mundo confuso, sem entender nada. “Eu quero é receber Juros Trovó, mas não estou entendendo nada dessas contas aqui, está muito confuso. Dá para simplificar um pouquinho? “

Dá sim!
Seguinte, vou montar uma tabela para você. Você vai clicar neste link, cadastrar seu e-mail para receber a tabela. Você pode imprimir a tabela para consultá-la sempre que você for escolher uma Renda Fixa.

Porque agora é hora de receber juros e esta aula é importantíssima. É aqui que você vai quebrar as pernas do gerente do seu banco, porque ele é louco para te induzir a propaganda enganosa para receber comissão. Com essa tabela você escapa desta armadilha.

Muito bem… “Quero receber Juros Trovó, o que eu faço?”

Tem duas coisas que você tem que saber, básicas… Qual é a taxa SELIC (que está hoje por volta de 14% ao ano) e qual é a inflação (que está por volta de 10,5% ao ano). A regra é a seguinte… Pelo amor de Deus, presta atenção aqui para você ganhar dinheiro recebendo juros. O que você vai receber de juros tem que ser maior que a taxa da inflação. Toda Renda Fixa que tem percentual menor que 10,5% você estará perdendo dinheiro, então não vale a pena.

Vamos começar pela Poupança… A Poupança paga hoje 70% do CDI, para não te confundir muito, como a CDI e a SELIC são muito parecidas, vamos considerar que a CDI seja 14% como a SELIC. Os 70% da taxa SELIC dá aproximadamente 9,5% ao ano de juros na Poupança. Ela está maior ou menor que a taxa da inflação? Menor que a inflação estou perdendo dinheiro. Concluindo… A Poupança não serve como investimento. E Poupança pagando 80% ou 90% ou 100% do CDI não existe, porque tem uma regra que ela paga 70% do SELIC desde que a taxa SELIC esteja acima de 8,5%.

Não precisa entender minuciosamente, o que é realmente necessário entender é que a Poupança hoje perde para a taxa da inflação, não presta para investir, você não irá receber juros.

Agora vamos para o CDB pagando 70% do CDI, dificilmente você vai encontrar. E LCI e a LCA também não. A Poupança é a única que paga 70%.

CDB pagando 80% do CDI, os gerentes de banco adoram e eles falam assim para você:
“Você tem dinheiro na Poupança guardado? Invista aqui, nós temos um CDB pagando 80%”.
Mas o CDB te cobra Imposto de Renda. Em todos os exemplos que eu der, vamos considerar Imposto de Renda de 22,5%, ou seja, você vai deixar menos de um ano investido.
Se você investir em CDB, a rentabilidade é maior que da Poupança, muito maior. Só que é cobrado o Imposto de Renda, e quando você colocar Imposto de Renda você vai receber 8,7%, menor do que a poupança e menor do que a inflação. CDB de 80% do CDI não presta.
Mande seu gerente a merda literalmente, este você não quer.

CDB pagando 90% do CDI ao ano, o que significa isto? Quanto que eu vou receber? Vou receber 9,8% ao ano. Opa! Mais do que a Poupança, só que ainda perde para inflação, então não serve. Você não vai receber juros! É apenas uma ilusão de ótica, você está perdendo o
poder aquisitivo.

CDB pagando 100% do CDI ao ano. Ahhh, este aqui dificilmente seu gerente de banco vai oferecer, ele vai pagar por volta de 10,9% ao ano. Agora sim, estou enriquecendo porque o juros que você recebe é maior do que a inflação.

Todas estas Rendas Fixas tem a mesma segurança da Poupança do Fundo Garantidor de Crédito está tudo certo.

CDB pagando 110% do CDI ao ano, “Nunca vi, nem comi eu só ouso falar…” existe mais é bem difícil. Paga por volta de 12% ao ano. Para resumir, quem investir em CDB é 100% do CDI, qualquer coisa acima de 100% do CDI é muito bom!

E LCI e a LCA? As duas não tem Imposto de Renda… Ahhh, aqui é um sonho, né?
80% do CDI está pagando 11,2%. Lindo! 90% pagando por volta de 12,6%, 100% por volta de 14%, e 110% por volta de 15,4%.

“Isso é um sonho, LCI e LCA é o que eu quero”
E qual é o problema delas?
Você não paga Imposto de Renda, mas tem dois agravantes. Primeiro precisa ter acima de R$30.000,00 para investir e segundo precisa deixar investido mais de 6 meses. Perfeito?

Então, se você tem pouco dinheiro, e vai deixar menos do que um mês, CDB de no mínimo 100% do CDI. Estas são as regrinhas.

Gostou de vídeo? Aqui abaixo tem um link. Inscreva-se no curso Como Investir com Risco Zero. Cadastre seu e-mail e venha fazer parte do nosso time.

Um abraço.

Ahhh, e não seja enganado pelo seu Gerente, porque ele ganha comissão.

Tchau!