Carro Próprio, Uber ou Aluguel de Carro: O que Compensa Mais?

 

Mais um vídeo, mais uma solicitação. Tem alguns assuntos aí que estão “bombando” na internet e o pessoal fica: “Trovó, passe a sua visão sobre esse assunto”. E hoje o assunto é: Compensa andar de Carro, andar de Uber, alugar um Carro, Pegar um táxi, Andar de bicicleta… Em que momento vale a pena ter um carro?

A gente vai começar primeiro comparando algumas hipóteses: Transporte público, ter um Carro Próprio, Uber (se você mora numa capital) e Alugar um Carro.

O primeiro ponto aqui é o Aluguel de Carro! Vou considerar aqui que o aluguel é, via de regra, de 8 horas por dia. Então, você não consegue alugar o carro por alguns períodos somente. Você só consegue alugar 8 horas por dia, com uma média, mais ou menos, de 4 reais por hora. Ou seja, uma mensalidade de 50 reais por mês com um custo aproximado de 90 centavos por quilômetro rodado.

No caso do Uber, parte de 3 reais. É claro que depende muito do horário de pico. Se vocês não sabem, dependendo do horário de pico, o preço do Uber pode subir, principalmente nas grandes capitais. Então, a gente vai partir de um preço base de 3 reais, aproximadamente, do Uber. Por minuto, é cobrado 35 centavos, aproximadamente. E o quilômetro rodado fica por volta de 1,43.

Agora, no caso de um Carro Próprio, a gente vai considerar um carro com um valor aproximado de uns 30 mil reais. Mais ou menos, o IPVA deve ficar na casa dos 1.700,00. Um seguro de, mais ou menos, 1.400,00. A manutenção é por volta de 100 reais por mês e uns 350 reais de estacionamento. Porque se você trabalha, vai pagar área azul ou se vai ter que deixar o carro em algum lugar.  E tem uma depreciação, já que todo ano seu carro perde 10% ao ano.

Se você não viu esse vídeo onde eu falo da desvantagem de financiar um carro, Vale a pena! Tem o link abaixo desses vídeos aqui, onde você pode estar revendo esse vídeo que eu estou falando da parte de financiamento.

3 Motivos para “Pixar Fora” de Financiamento de Carro

Então assim ó, a premissa é a seguinte: quanto menos você usa o carro, menos compensa ter.

Vou passar aqui alguns “macetinhos” que eu tomo pela minha experiência. Se o seu trabalho for menos de 4 quilômetros da sua casa e você tiver condição de você tomar um banho na empresa… (Você não vai chegar fedidão lá, né?) A melhor opção seria uma bicicleta.

Porque você faz exercício e economiza para a academia. Você pedala, chega ao serviço com antecedência ao seu trabalho, toma o banho e vai trabalhar. Isso aí você vai economizar um monte de coisa. E vou supor, vou além, se você precisasse comprar todo ano uma bicicleta nova seu custo seria aproximadamente de 2 mil reais por ano. Esse é o meio mais barato que existe.

“Ah, mais e o dia que chove Trovó, que que eu faço”?

O dia que chove, aí sim, você pode pegar uma carona ou um transporte público. Um ônibus, um metrô ou até mesmo um táxi, mas vai ser esporádico.

Se o seu trabalho fica acima de 5 quilômetros da sua casa e você mora em uma capital, aí compensa um Uber.  Até, mais ou menos, 20 quilômetros de distância, o Uber é mais vantajoso. Por ano, você vai gastar por volta de 16 mil reais.

Se você tiver um carro e tiver que andar menos de 20 km (por isso que eu falo que se for pertinho não compensa carro), vai te custar, mais ou menos, 19 mil reais por ano, considerando os valores do IPVA, Seguro, Depreciação do carro, etc, etc, etc.

Nessa conta aí eu considerei mais ou menos 10 km por litro, que é o que um carro gasta com combustível. Você vai gastar, mais ou menos, 19 mil reais por ano.

Se no Uber você gasta 16 mil, então, se a casa for perto, compensa mais o Uber.

  • Abaixo de 5 quilômetros, bicicleta. Desde que você tenha lugar para tomar banho no seu trabalho.
  • Entre 5 e 20 quilômetros compensa o Uber. Uber você vai gastar 16 mil, um carro 19 mil.
  • Se você tiver que andar mais que 20 km, aproximadamente 40 km por dia, aí o carro fica mais vantajoso. No Uber você vai gastar por volta de 23 mil e o carro por volta de 21 mil.

E alugar o carro?

O aluguel não compensa, nunca. Porque mesmo que a distância seja pequenininha, você vai gastar por ano, aproximadamente, 23 mil reais se a distância for curta. Se a distancia for longa, acima de 10 quilômetros, você vai gastar por volta de 30 mil. Então das 3 opções, o aluguel de carro é o mais caro, depois pode ser Uber ou Carro. Depende da distância.

Se for menor que 20 quilômetros de distância da casa ao trabalho, o Uber compensa. Não é o Uber Black, não. Larga a mão de ser metido. Uber normal, tá?

Se a distância for curtinha, aproveita para fazer exercício e investe numa bicicleta. Economiza com a academia e você vai poder chegar ao seu trabalho, tomar um banho relaxado. Fez o exercício e manda bala. São custos muito menores e o dinheiro que você gastaria com automóvel, você pode estar investindo. Esse que é o macete.

Então se você vai usar Uber ou vai usar Carro, depende de quanto você anda por dia. Basicamente, se for acima de 40 km por dia o carro vale a pena, se for entre 5 e 20 km por dia o Uber vale a pena, desde que não tenha uma cidade que não tenha Uber. Se for abaixo de 5 quilômetro, compensa pedalar.

Da Redação