Descubra o que fazer quando a bolsa de valores desaba?

ANÚNCIO

Por mais que a gente queira, nem sempre, na vida, se fingir de morto vai ser uma boa ideia. Na verdade, quase sempre, encarar os problemas de frente é uma boa solução por mais doloroso que isso seja.

No mercado financeiro, por exemplo, você sabe o que fazer quando a bolsa de valores desaba? Será que é recomendado sair vendendo tudo o que você tem? Se fingir de morto? Calma, tem outro modo mais inteligente de enfrentar o problema!

ANÚNCIO

E para encontrar as melhores respostas, vamos nos basear em outra: você sabe que os experts fazem quando a bolsa desaba? Então, vamos estudar os comportamentos deles.

Mesmo porque todo mundo que investe em ações já deve (ou pelo menos, deveria) ter estudado personagens como Warren Buffett, não é mesmo? Obviamente é porque eles sabem o que fazer em momentos como esse!

Confira algumas das dúvidas mais pertinentes sobre esse assunto:

ANÚNCIO

– O mercado desabou logo após eu comprar uma ação. E agora?

– Estou desesperado, a minha ação está caindo a cada dia.

– O mercado acionário está em baixa, o que é melhor fazer?

Seguindo os passos…

Então, a primeira coisa que vamos entender aqui hoje é que os experts fazem alguma coisa quando isso acontece e a gente vai analisar isso porque aí você pode mirar neles para ver que tudo faz sentido.

A questão é a seguinte: quando você toma uma decisão de comprar uma ação, você tem que ter uma tese, isto é, você tem que ter um motivo para aquela compra.

Porque é como comprar um sapato novo, né? Por que você vai fazer isso? Para ir no casamento do seu primo? Porque você quer gastar dinheiro à toa? Porque ele está barato?

Nem sempre você vai ter os melhores motivos, mas sempre vão existir motivos para uma compra!

– Qual o motivo que te leva a comprar uma ação?

Você chega, abre seu home broker, vai lá no unidunitê, escolhe uma ação e compra? Tá errado, brother!

Se é assim que você faz, saiba que fez tudo errado na lição de casa, viu.

Então, quando você vai tomar uma decisão, você tem conhecer a empresa e tem que ter uma tese. O que é uma tese?

É um argumento, um estudo, algo que te dê um embasamento para você falar: “Estou fazendo um investimento nesta empresa por causa desse motivo”.

Encontrando o motivo…

Basicamente, existem 3 motivos para se comprar uma ação, com base em análises e estudos. E nós vamos listar todos eles!

1 – Análise Fundamentalista

Se você utiliza análise fundamentalista, por exemplo, e tem uma uma filosofia de investimento de buy and hold, você está escolhendo essa empresa provavelmente porque essa empresa tem lucros sucessivos.

É um negócio mais perene, com receita previsível, um pouco mais previsível do que outras empresas, por exemplo.

E você, de repente, quer comprar para o longo prazo, pensando na aposentadoria ou em planos para mais de 10 anos.

Na maioria parte das vezes, é isso que acontece com quem faz analises fundamentalistas.

Então, se você compra uma ação por esse motivo, o que você faz quando essa empresa despenca? Simplesmente, você vai comprar mais, não é isso?

Sim, quando o valor dela cai, você compra porque ela está na baixa. Concorda?

Porque se estava bom para comprar naqueles preços e os fundamentos da empresa estavam bons, agora, podendo comprar mais barato não seria melhor?

2 – A Análise do Valuation

Uma outra coisa que alguns investidores fazem também é aqueles que utilizam o valuation, que é tentar identificar o valor da empresa, o chamado preço justo e o valor de mercado.

Aí, você vai comparar os dois.

Uma vez que uma empresa está mais barata do que o valor que a pessoa entende que aquela empresa vale, entãom você tem uma tese.

“Ah, estou investindo porque essa empresa está sendo negociado a R$ 25 e eu acho que ela vale R$ 45”.

Agora, como você vai achar que vale? Aí é o estudo do valuation que você tem que saber fazer ou utilizar algum escritório ou alguma empresa de análise que te dê suporte com essa informação.

3 – Análise Técnica

E uma outra alternativa são aqueles investidores que fazem investimento por análise técnica.

“Ah, bateu num suporte então estou comprando por suporte” ou “Estou fazendo uma compra por rompimento de resistência”.

Enfim, aqueles indicadores estatísticos de análise técnica podem gerar motivações para compra ou venda também.

Então, todo expert na bolsa de valores quando vê as suas ações desabarem, o que eles fazem? Eles vão revisitar os motivos que os levaram a fazer aquela compra.

Eu comprei por quê mesmo?

Descubra o que fazer quando a bolsa de valores desaba?

“Ah, eu comprei porque os lucros da empresa eram bons e crescentes e sucessivos ao longo dos anos”.

  • Ah, então, nesse caso, o que eu faço?
  • Os lucros mudaram?
  • Agora a empresa acabou?

Não, a empresa continua igual. Então o que eu faço?

Nada! Ou eu compro mais se tiver dinheiro ou eu permaneço tranquilamente na posição.

A questão que diferencia um expert do iniciante num momento em que há uma queda generalizada de preços é justamente isso: você tem que comprar uma ação porque você tem um motivo para fazer isso.

Agora, quando se compra sem motivos…

“Ah, eu não sei o que fazer agora”.

Ué, você não sabia porquê você comprou? Você comprou sem saber o motivo? Aí não tem como ninguém te ajudar porque aí você tá completamente perdido no mercado financeiro.

Então, se você quer saber como os experts fazem é justamente isso: revisitar o motivo que os fizeram comprar. Se aquele motivo ainda estiver lá, eles vão permanecer na posição.

Mas, se aquele motivo não estiver mais lá, então pode ser que eles façam a saída daquele investimento. Simples assim.

ANÚNCIO