BM&Bovespa é a maior acionista da Bolsa de Valores de Lima e mais 5 notícias do mercado acionário

A BM&FBovespa tornou-se o maior acionista da Bolsa de Valores de Lima, com a participação de 8,59%, ao investir cerca de 49 milhões de reais. A Bolsa do Peru tem atuação nos mercados de ações, ETFs, Renda Fixa e em negócios complementares aos serviços da bolsa, como compensação e tecnologia. A BM&FBovespa tem participação de 10,4% na Bolsa de Santiago, 9,9% na Bolsa da Colômbia e 4,1% na Bolsa do México.

Relembre essa notíciaBolsa de Valores de Lima, no Peru, foi a melhor da América Latina em 2016 – A Bolsa foi fundada em 1860 e logo no início, mesmo sem ter uma única ação sobre os preços nominais, conseguiu suportar uma grande crise inflacionária que gerou a depressão dos mercados. O principal índice da bolsa peruana, desde janeiro, acumulou ganhos de mais de 57%. Leia na íntegra!

“A BM&FBovespa continuará a avaliar oportunidades de investimentos em empresas na região, cujas atividades sejam adjacentes ao seu negócio”, diz o comunicado.

Aprenda como comprar ações na Bolsa BM&F Bovespa em 3 passos: esse mercado financeiro funciona muito bem mesmo diante da crise. Antes que vocês pensem em me dizer que “eu posso perder todo o meu dinheiro com as ações”, eu vou logo afirmando que isso não vai acontecer, se você for um bom estrategista que tenha controle financeiro. Leia Mais!

Na segunda-feira (23) a Bolsa de Valores de São Paulo teve ganhos significativos, puxadas pelas ações dos setores financeiros e do aço. O minério, por exemplo, garantiu uma rodada de altas com a Vale e outras siderúrgicas. As altas da Vale foram de 3,77% (ON) e 4,84% (PNA), enquanto o minério de ferro teve alta de 0,9% na semana.

Para os analistas, os papéis do setor financeiro também surfam no otimismo e são os favoritos dos investidores estrangeiros, além de ter apoio da solidez das empresas, o que reflete os efeitos positivos na economia. Entre os destaques, estão as altas do Banco do Brasil (4,53%), Itaú Unibanco (3,36%) e Bradesco (2,76%).

Leia Também: As 7 Maiores Mentiras que os Bancos contam!

Já na quinta-feira (26), a CCR deu um susto nos investidores ao confirmar que estuda fazer uma oferta pública de ações como forma de capitalizar. Com isso, os papéis da empresa subiram 1% em apenas 1 minuto e logo entraram em leilão, cotados à 15,17 reais.

A Marfrig planeja retomar o projeto de abrir o capital da sua subsidiária americana, a Keystone Foods, uma das maiores fornecedoras de carne para o McDonald’s. A operação visa acelerar a expansão do negócio e reduzir o endividamento do grupo, segundo o jornal Folha de S. Paulo. A expectativa é abrir entre 25 e 30% do capital da companhia.

Para o Itaú, o Ibovespa continua em tendência alta e deve caminhar para o próximo objetivo “em 69 mil pontos e a região máxima deve chegar á 74 mil pontos”. O movimento de correção poderá continuar e o índice encontrara suportes, em patamares que mantém o mercado em tendência alta no curto prazo.

Índice Small Cap (SMLL) fecha em alta

O índice fechou o pregão da quinta-feira (26) com valorização de 1,28% em relação ao último pregão. O objetivo desse índice é medir o comportamento das empresas negociadas na Bolsa de Valores de modo segmentado. As ações são selecionadas por sua liquidez e ponderadas pelo valor de mercado.

No total, foram 34.677,00 negócios envolvendo essas ações movimentaram a realização do pregão, movimentando mais de 117,6 mil ações. Com a alta, o SMLL acumula alta de 69,23% no último ano. Nos últimos 12 meses, a alta é de 12,27%.

Santander lista 7 Small Caps para apostar em 2017 e Klabin ganha espaço na Bolsa de Valores

Destaque para a Petro Rio, que movimentou mais de 8,6 mil ações e valorizaram 0,04% sendo cotada á 27,59 reais. Já a Positivo Informática fecharam cotadas em 3,30 reais, desvalorizando 2,08%. Diferente da Valid, que foi cotada em 25,01 reais, com valorização de 1,09%.

Eike Batista é alvo da Lava Jato

Outro destaque do mercado de ações foi o mandado de prisão feito à Eike Batista, pela Operação Lava Jato, através da Operação Eficiência, feita pela Polícia Federal. Ao todo são 6 mandados de prisão preventiva, 4 condução coercitiva e 22 buscas e apreensão. Além dele, Sérgio Cabral, ex-governador, também é alvo e já está preso em Bangu.

Nos EUA, bolsa atinge nível recorde

Na quarta-feira (25), com o índice Dow Jones encerrando acima dos 20 mil pontos pela primeira vez na história, enquanto os bancos refletiam a crescente confiança dos investidores em Donald Trump, que deve governar uma nova era na economia mundial. O índice fechou em alta de 0,78%, O S&P 500 subiu 0,80% e o Nasdaq ganhou 0,99%.

BM&Bovespa é a maior acionista da Bolsa de Valores de Lima e mais 5 notícias do mercado acionário
Reprodução: Google

Como ficam as empresas e os investimentos dos brasileiros após a posse de Donald Trump? Os investidores americanos estão otimistas. Pelo menos é o que mostra uma pesquisa do banco suíço UBS feita com 2 mil dos seus novos investidores americanos, que têm mais de 1 milhão de reais aplicados em ativos. A porcentagem desses otimistas é de 58%, a melhor taxa dos últimos 8 anos. Antes da eleição, apenas 25% esperavam bons retornos. Leia Mais!

Mesmo com essas disparadas, os investidores pedem cautela. Afinal, as taxas de juros dos EUA ainda estão baixas e, com a volatilidade menor, as ações estão caras se comparadas com os níveis históricos. Do lado negativo, o Goldman Sachs viu suas ações subiram 1,53%, o JP Morgan ganhou 1,55% e o Bank of America subiu 1,83%.

Veja Também: As 16 ações brasileiras que mais se destacaram na Bolsa de Nova York (NYSE)

Na Ásia, mercados fecham para cima

Na terça-feira (24), dia em que os investidores ainda estavam digerindo as medidas de Trump, a Ásia teve ações que ficaram com bons ganhos, entre eles, a BHP Billiton (2,4%), Rio Tinto (3,8%) e Sul32 (6,3%).

  • O índice MSCI Asia Pacific caiu 0,1%.
  • Já o índice Ásia Dow ficou com alta de 0,19%.
  • Em Hong Kong, a Hang Seng ficou com alta de 0,22%.
  • Na China, o índice SSE Composite, da bolsa de Xangai, ficou em alta de 0,18%.
  • Na Coreia do Sul, o índice Kospi ficou em queda de 0,01%.
  • Na Índia, o índice BSE da bolsa de Bombai ficou em alta de 0,95%.
  • O Nikkei 225 ficou em queda de 0,55%.

A Comissão Reguladora de Seguros da China (CRSC) elaborou novas regras sobre as seguradoras, que ficaram proibidas de comprarem empresas cotadas na bolsa em parceria com entidades de fora do setor de seguros. Uma aquisição de pelo menos 20% das ações de uma companhia cotada por uma seguradora é considerada um grande investimento.

BM&Bovespa é a maior acionista da Bolsa de Valores de Lima e mais 5 notícias do mercado acionário
Reprodução: Google

“As companhia se seguros devem ser investidores financeiros de boa fé, em vez de fazer aquisições hostis”, disse Xiang Junbo, presidente da CRSC.

Ouro fecha em queda

Também na quarta-feira (25), o contrato para fevereiro, negociado na Comex, recuou 1,1% à US$ 1.197,80 por onça-troy. “O rali do mercado de ações vai continuar a pressionar o ouro e dar apoio ao dólar”, disse Peter Hug, da Kitco Metals. “A euforia, mesmo que possivelmente mal orientada, ou no mínimo prematura, vai continuar aumentando o apetite pelo risco e isso é negativo para o outro”.

Com informações da UOL, Diário do Comércio e Estadão