Veja se ainda dá tempo de aproveitar a alta da bolsa de valores

ANÚNCIO

No final de 2019, o Ibovespa, principal índice da bolsa de valores, acumulou alta acima dos 20%. A porcentagem é bem representativa para quem quer ganhar dinheiro no mercado financeiro. A pergunta que muita gente tem a ver com aproveitar a alta da bolsa de valores.

Para se ter uma ideia, esses 20% é algo 4 vezes o rendimento da poupança ou de um fundo de renda fixa conservador, por exemplo. Porém, o Brasil só tem hoje 1,5 milhão de brasileiros investindo em ações na bolsa de valores. Para quem não está dentro, dá tempo.

ANÚNCIO

Para muitos especialistas, faz sentido pensar em opções mais arriscadas do que a renda fixa. Ainda mais com a queda dos juros. Porém, os mesmos profissionais afirmam que é preciso cuidado porque esse é um mercado variável, bem diferente.

Para quem está pensando em aproveitar a alta da bolsa de valores, separamos algumas dicas que fazem todo sentido. E você pode conferir elas agora mesmo.

Bolsa de valores é para o longo prazo

A primeira dica é entender que existem sim pessoas que ganham dinheiro rápido na bolsa de valores. Mas, esses são investidores profissionais, chamados de traders. Para quem não é profissional, a bolsa deve ser vista como um investimento para o longo prazo.

ANÚNCIO

Ainda mais porque com a alta da bolsa aumentou-se o risco da desvalorização dela no curto prazo. Portanto, a dica é não aplicar pensando em retorno rápido.

Leandro de Checchi é analista de investimentos e diz que a bolsa é renda variável. “Ou seja, pode subir e render, mas também pode cair. Obviamente, você precisa estar pronto para isso”.

É preciso escolher bem as ações

Outra boa dica é notar que você precisará fazer boas escolhas, já que existem aquelas ações que não são recomendadas. Até mesmo porque como a bolsa teve ótimo desempenho no ano passado isso pode deixar alguns ganhos mais limitados.

E os índices apenas representam um grupo de ações, como uma média do mercado. Com isso, a dica é optar pelas empresas que podem se beneficiar não apenas no atual momento, mas também daqui a algum tempo.

Veja o que diz o especialista: “com juros mais baixos e o consumo ganhando força, as empresas de setores como de varejo e construção devem ter um bom desempenho nos próximos meses”. Por exemplo, essa é uma ideia para quem quer comprar ações.

Conheça 7 sites para comprar e vender ações na Bolsa de Valores

Checchi diz que o investidor que é novato na bolsa deve montar uma carteira de investimentos com, ao menos, 5 ações. Menos do que isso, ele pode ter um grande risco de ficar concentrado em poucas empresas.

As empresas grandes na bolsa

A próxima das dicas para quem quer aproveitar a alta da bolsa de valores é pensar nas empresas grandes, que são sempre boas escolhas. Elas recebem o nome de blue chips por serem mais conhecidas e terem mais informações lançadas na mídia.

Assim sendo, fica mais simples estudar tal ação. Inclusive, os papéis delas são mais negociados, o que quer dizer que você não terá muitas dificuldades para vender a ação quando isso for acontecer.

Por outro lado, as ações de empresas menores, que são as small caps, também podem ter boas oportunidades porque quase sempre estão em fase de expansão. Porém, é bem mais complicado fazer análises e ter informações sobre elas.

Empresas com problemas com a justiça

Se por um lado é uma boa ideia começar pelas empresas grandes e estudar ainda mais as pequenas, saiba que o cuidado tem que ser redobrado para aquelas que têm problemas com a justiça.

A maioria dos profissionais da bolsa dizem que os investidores novos acabam optando por comprar ações baratas a fim de verem valorização no longo prazo. Mas, muitas empresas estão sendo investigadas pela justiça ou possuem problemas financeiras.

Por isso, a ação é oferecida com desconto. No entanto, há o que é chamado de “risco de esqueleto”, que é quando os investimentos podem cair muito.

Como aproveitar a alta da bolsa de valores

Veja se ainda dá tempo de aproveitar a alta da bolsa de valores

Os interessados em aproveitar a alta das ações que estão na bolsa de valores devem considerar a entrada nesse novo mercado, da renda variável. No entanto, não se pode fazer isso sem estudo ou com pressa. É um mercado volátil, que requer atenção.

Basicamente, o passo a passo para fazer isso é simples. Primeiro é preciso abrir uma conta em uma corretora de valores. Ela vai ser a responsável por usar a sua conta para fazer uma intermediação entre você e a bolsa.

Mas, você também pode aproveitar esse momento para investir nos fundos de investimentos em ações. Essas são opções mais simples, apesarem de nem sempre terem os mesmos rendimentos. Nesse caso, um gestor escolhe as empresas que vai para o fundo.

O cuidado deve estar com a taxa administrativa que vai para a empresa gestora. Além do mais, também pode ter a taxa de performance. De qualquer modo, é uma forma mais simples e cômoda de investir em ações.

ANÚNCIO