Saiba onde um aposentado por invalidez pode investir dinheiro hoje

ANÚNCIO

Em fóruns sobre educação financeira e investimentos, a gente achou uma dúvida muito comum. Por isso, resolvê-los transformá-la em conteúdo. A pergunta: “aposentado por invalidez pode investir dinheiro”? A resposta é: “sim”. Então, saiba onde investir.

Afinal, as indicações abaixo valem não apenas para quem é aposentado por invalidez, mas também por quem já se aposentou por qualquer outro motivo, como por tempo de trabalho ou até mesmo porque tem a idade mínima para isso.

ANÚNCIO

A questão é que qualquer pessoa pode investir dinheiro. Agora, o que não pode acontecer é você ter uma renda de aposentadoria de R$ 5 mil e começar a investir, mensalmente, R$ 10 mil. Por que aí a Receita Federal vai querer saber de onde vem tanto dinheiro.

Mas, se você se aposentou (e tem a renda da aposentadoria) e continua trabalhando formalmente, basta informar isso no seu imposto de renda e você poderá investir dinheiro da forma que quiser e onde quiser. Sem problema algum.

Onde investir dinheiro

Considerando que você está aposentado e independente de continuar trabalhando ou não, vamos direto ao ponto: qual é o melhor investimento para aposentados? Continue lendo para descobrir porque separamos algumas boas alternativas.

ANÚNCIO

Antes disso, no entanto, é bem importante a gente deixar claro qual é o seu objetivo com o investimento financeiro. Por exemplo, você pode querer guardar o dinheiro para viajar daqui 3 anos ou para trocar de carro daqui 5 anos ou ainda para formar uma reserva de emergência.

Então, saiba que para cada objetivo que você tem um melhor investimento vai existir. Em resumo, se você quer ter um ativo que possa ser resgatado a qualquer momento, o ideal é ser um que tenha liquidez. Mas, se for para médio ou longo prazo, a liquidez não importa tanto.

Os ativos

Agora sabemos que um aposentado por invalidez pode investir dinheiro e que para cada objetivo que ele tiver pode ser que um ativo seja o ideal. Logo, é hora de falar das melhores opções que existem no mercado?

CDB

O Certificado de Depósito Bancário costuma ser uma das primeiras opções para quem quer investir dinheiro de forma segura. Ele nada mais é do que um empréstimo feito ao banco e em troca, o cliente recebe o que foi investido e mais alguns juros.

Existem vários tipos de CDBs. Inclusive, aqueles com liquidez diária, que são ótimos para quem estão montando uma reserva de emergência. E temos outros com metas mais longas, para 3 ou 5 anos, por exemplo.

De modo geral, a garantia dele vem com Fundo Garantidor de Crédito, no valor de até R$ 250 mil. E o principal custo vem do imposto de renda sobre o rendimento, que é regressivo – quanto mais tempo aplicando, menor é a cobrança.

Geralmente, as aplicações partem de R$ 1 mil. Mas, há bancos menores que são mais flexíveis. Praticamente todo banco tem um CDB ou você pode adquirir um pela corretora também. Os que partem de 100% do CDI são mais indicados.

LCI ou LCA

Além do CDB, os bancos também possuem as letras de crédito, que podem ser imobiliárias ou do agronegócio. Elas também são da renda fixa e seguras por causa do FGC – no mesmo valor máximo. Também seguem o índice CDI.

A diferença é que ela não tem a incidência do imposto de renda. Mas, justamente por isso, o pagamento costuma ser de uma taxa menor do CDI. De modo que, partindo dos 90% da taxa, o ativo já costuma ser bem-visto pelos investidores.

Outra diferença é que raramente se acha uma LCI ou LCA com alta liquidez. Sendo que a maioria delas possuem prazos acima dos 3 anos. Outro detalhe é que também exigem um investimento inicial mais alto, que parte dos R$ 5 mil.

Tesouro Direto

Outra ideia de investimento em renda fixa para quem já se aposentou é o Tesouro Direto. Ele funciona bem parecido com os títulos dos bancos. Porém, são emitidos pelo governo, através do Tesouro Nacional.

O que acontece é que há vários ativos e de modo geral considere que os que são baseados na Selic (Tesouro Selic) são bons para quem precisa fazer um resgate mais rápido (alta liquidez). Já quem pode esperar mais, temos os prefixados ou que seguem a inflação.

No caso do quem já se aposentou os da inflação (chamados de Tesouro IPCA) não são boas ideias porque sempre são para o longo prazo. Já os prefixados podem ser para daqui 3 ou 6 anos, por exemplo – dependendo do objetivo do investidor.

Mas, e as ações da bolsa?

Definitivamente, se você não é um profissional de investimentos que sabe comprar e vender ações no mesmo dia, pensando em ganhos, no que é chamado day trade, saiba que não é uma boa ideia investir em ações sendo aposentado.

A maioria dos aposentados quer continuar trabalhando. Saiba como se aposentar rico

O motivo é muito simples: talvez você não tenha tanto tempo assim para recorrer ao tempo perdido em caso de negativas do mercado, das ações, das empresas, dos papéis. Por isso, como está acima, sempre indicados a renda fixa para esses períodos menores do que 5 anos.

aposentado por invalidez pode investir

Aliás, de todos os ativos que citamos acima para o aposentado por invalidez pode investir, saiba que dá para escolher mais do que 1. Por exemplo, você pode aplicar em uma LCI para daqui 5 anos pensando em uma viagem, no Tesouro Selic pensando na reserva e no CDB para 3 anos considerando a reforma da casa.

ANÚNCIO