Íon é o novo aplicativo de investimentos do Itaú – conheça-o e saiba como baixar

ANÚNCIO

Esse novo aplicativo de investimentos do Itaú nasceu com a função de integrar as aplicações financeiras que os clientes possuem no banco ou na corretora do Itaú. No entanto, há uma novidade: não correntistas também poderão ter acesso.

De qualquer modo, o importante é notar que o Íon será um app focado em investimentos. Por isso, ele mostrar em tempo real a carteira de ativos do investidor. Além de outras informações, como é o caso do patrimônio acumulado e os rendimentos.

ANÚNCIO

Só para contextualizar o nosso texto, saiba que o Itaú é hoje o maior banco privado do Brasil. Além disso, esse lançamento veio para “confrontar” e se “colocar ao lado” das corretoras do país, como é o caso da própria XP Investimentos (que tem o Itaú como principal sócio – 46%).

A importância do tema

Antes de começarmos, vale a pena a gente mencionar aqui que a ideia central dessa matéria é ser totalmente informativa, está bem? Assim, estamos longe de fazer propaganda gratuita ou de acirrar a briga entre o Itaú e as corretoras.

Porém, de toda forma, temos um novo aplicativo de investimentos do Itaú. Inclusive, ele está disponível até mesmo para quem não é cliente do banco. Ou seja, o banco vai começar a atuar como uma corretora de investimentos, de fato.

ANÚNCIO

E só para concluir a ideia da matéria, saiba que já fizemos aqui outra matéria falando sobre o aplicativo do banco. Porém, falamos sobre o Itaú Light, que é um app mais leve que os correntistas podem ter para gerenciamento da conta. Ou seja, não é focado em investimentos.

Se você não conhece o Itaú Light, clique aqui e saiba mais sobre ele.

A entrada no mercado de investimentos

É claro que o banco Itaú já possuía a sua parte citada como categoria de “investimentos”. No entanto, o lançamento do novo programa mostra que o banco está realmente interessado nessa fatia do público e dos clientes.

O próprio diretor de produtos do banco, Claudio Sanches, garantiu isso. Ele disse que a ideia é suprir a demanda de 3 milhões de clientes que se interessam cada vez mais por investimentos.

E vale lembrar ainda que o banco já havia mostrado esse interesse pelo mercado. Inclusive, em 2017 começou a oferecer produtos de outras instituições financeiras também, além dos seus próprios produtos.

Claudio ainda foi além. Ele avaliou que no futuro o banco quer usar a plataforma para zerar as taxas e criar uma prateleira aberta de produtos. Tudo focado no cliente.

Outros bancos na área

Ah, por curiosidade, saiba que o Santander comprou 60% da Toro Investimentos. E o Bradesco adquiriu a Ágora. O Nubank comprou a Easynvest. E a Neon comprou o Magliano. Além disso, a Credit Suisse fechou acordo de 35% da Modalmais.

Portanto, todos os grandes bancos se mostram interessados nessa fatia de investimentos que as corretoras possuem. Lembrando que o Itaú é dono de parte da XP, ok? Mas, quer ter a sua própria plataforma de investimentos.

Sobre a criação do aplicativo Íon

Agora falando de forma mais focada no novo aplicativo de investimentos do Itaú, considere que conforme o anúncio ele foi criado a partir de 200 mil horas de trabalho, com 150 pessoas envolvidas diretamente.

Além disso, Claudio diz que ele foi inspirado em outros aplicativos disponíveis no mercado que fazem sucesso. “O ÍON foi inspirado nos apps do Netflix, do Instagram e também no norte-americano Robinhood”.

Dessa forma, o programa, possivelmente, trará em destaque os investimentos mais procurados e as novidades. Além do mais, terá notícias sobre o mercado financeiro, que aparecerão de forma personalizada conforme a carteira do investidor.

Ainda sobre o app, saiba que ele será liberado para todos os interessados. No entanto, em um primeiro passo apenas os clientes do banco poderão ter acesso. Especialmente aqueles das categorias de “varejo”, “Uniclass” e “Personnalité”.

Os diferenciais do app

Quase todos os diferenciais desse software seguem o que tem nos aplicativos das corretoras. Assim, mesmo com o lançamento nesse ano, para os correntistas, o banco diz que é em 2021 que ele começará a atender todo o público e com todos os ativos. Inclusive, ações.

“Entendemos a necessidade de expandir produtos disponibilizados. Inclusive, precisamos dar passos antes da construção da plataforma digital para que as mudanças cheguem de forma dominante”, disse Sanches.

Como baixar o aplicativo Íon

Para finalizar, a gente vai falar sobre o processo de instalação do aplicativo. No entanto, considere que isso é bem simples e não tem segredo algum. O problema é que o app ainda não está ativo para ser baixado.

aplicativo de investimentos do Itaú

Isso porque o lançamento foi feito de forma oficial no meio de outubro. Porém, estará disponível para o público em meados de novembro.

De qualquer forma, vamos deixar aqui um futuro breve passo a passo que vai funcionar. Se você tem o Android entra no Google Play Store, mas se tem um iPhone, vá até a App Store. Lá, você busca pelo Itaú Unibanco S.A. E vai poder ver todos os apps que são desse banco.

Atualmente, a lista começa em Banco Itaú, Itaucard, Iti Itaú, Cartão Luiza e assim vai. Se tiver o Íon, então, é porque ele foi oficialmente lançado nas plataformas. Então, o processo de instalação é o mesmo de sempre: ler a descrição completa, ver os requisitos e baixar.

ANÚNCIO