Saiba tudo sobre as ações da Iochpe-Maxion (MYPK3) – Cotação, Dividendos e Produtos

ANÚNCIO

Para muita gente, investir em ações de empresas que são focadas em peças para carros e automóveis no geral não é uma boa ideia. Mas, muitos especialistas têm recomendado a compra de ações da Iochpe-Maxion, que é uma autopeças.

Sendo assim, para esclarecer um pouco mais dessa questão, nós vamos analisar diversos pontos sobre a empresa e sobre como ela está inserida na bolsa de valores do Brasil, a B3. Continue lendo para entender sobre cotação, dividendos e até os concorrentes.

ANÚNCIO

Inclusive, para começo de conversa, saiba que o setor automobilístico está se tornando muito presente em vários países do mundo. Assim, o Brasil é um exemplo do crescimento desse mercado. Resta saber se a empresa está preparada para essas oportunidades.

Sobre a MYPK3 na Bolsa

As ações da Iochpe-Maxion ficam posicionadas no setor de consumo cíclico da Bolsa. Assim, a empresa é uma indústria de peças de caminhões e automóveis, com mais de 15 mil funcionários. As ações são ordinárias.

Outros dados para quem está estudando esse papel são: patrimônio líquido de mais de R$ 3 milhões, sendo mais de 11 milhões em ativos. O valor de mercado é acima dos R$ 2,2 bilhões e há um total de papéis de 153 milhões, sendo 92% em Free Float.

ANÚNCIO

As ações são ordinárias e todas TAG ALONG. Além disso, há uma liquidez diária de mais de R$ 31 milhões. A empresa não tem participação no índice Ibovespa. O maior acionista da empresa é a Alaska Investimentos, com 13% do total. Depois, vem o Fundo WPA Est, com 10%.

Sobre os índices que a Iochpe participa na bolsa, nós temos: Small Cap, Setor Industrial, de Consumo, de Governança Corporativa, de Governança Diferenciada, de Tag Along Diferenciado, de Governança Trade e o Índice Brasil Amplo.

A cotação das ações da Iochpe-Maxion

Sobre a cotação, saiba que a gente produziu essa matéria no começo de outubro de 2020. Nesse tempo, o preço da ação da MYPK3 estava em R$ 14,50. O que quer dizer que o valor representou uma boa alta no mês anterior, quando o valor era pouco mais de R$ 12.

Já quando a gente faz um estudo sobre o histórico de preços do último semestre, a gente pode ver que há uma grande volatilidade entre altos e baixos. Assim, em abril, o preço chegou a ficar em R$ 10,50 e a maior alta foi em junho, com R$ 16,07.

Na análise do ano todo, a gente tem uma queda no preço. Isso porque a cotação da MYPK3 chegou a ficar mais de R$ 24,5 no começo do ano. E por último, na análise geral, a gente tem um bom gráfico, já que o preço inicial foi de R$ 1,50. O maior valor foi R$ 36 em 2012.

As últimas notícias

A gente também separou as últimas notícias que citam a MYPK3. Por exemplo, uma delas fala sobre a recomendação de compra feita pelo Bradesco BBI. Isso aconteceu no começo de setembro, com o preço-alvo sendo elevado de R$ 16 para R$ 18.

A explicação foi dada por Victor Mizusaki. “Nenhuma razão é aparente para a desconexão entre o preço das ações e a recuperação da produção global de veículos. A Iochpe é a maior fornecedora de rodas para a indústria automotiva”.

A outra notícia não é tão boa assim. Ela é do final de agosto e cita que a “S&P baixou a nota de crédito da Iochpe-Maxion com perspectiva negativa”. Assim, o rating da autopeças foi de “brAAA” para “brAA+”. E o motivo foi dado pelo aumento da alavancagem financeira.

Uma última notícia que trouxemos aqui é que a empresa estava tentando obter dos credores um perdão prévio para o caso de não conseguir cumprir o compromisso de manter o índice financeiro menor do que 3,5 vezes. A empresa sugeriu um prêmio aos debenturistas.

Os dividendos da MYPK3

Também por ser um item importante dentro do tema das ações da Iochpe-Maxion, saiba que os dividendos pagos pela empresa agradam os cotistas – mas, nem tanto. No ano de 2019, o valor foi de 0,18 por ação. Nesse ano, a cotação de proventos é de R$ 0,66 por ação.

Veja se as ações da Gerdau “cabem” na sua carteira

E isso anima porque significa mais de R$ 250% de alta.

Os concorrentes da MYPK3

ações da Iochpe-Maxion

Quando se fala em renda variável ou na compra de ações, não é simples dizer que há um concorrente ou outro. Isso porque o investidor pode comprar a ação que ele quiser. Mas, para muitos, sempre é melhor optar por uma empresa de um setor do que outra.

Sendo assim, a gente pode sim ver um lado meio que “concorrente” entre empresas. Logo, se a gente considerar o setor de peças automobilistas, vamos ter como principais nomes do mercado, além da Iochpe, a Metal Leve e a Tupy.

A Metal Leve é de Mogi Guaçu (SP) e foi vendida para a Mahle em 1996. Atualmente, trabalha com a comercialização de componentes de motores. Nos últimos meses teve queda nas exportações das peças, mas isso foi compensado pelo ganho na posição monetária argentina.

Já a Tupy é uma multinacional brasileira que faz usinagem e fundição de cabeçotes e blocos de motores. Também tem sofrido com a diminuição de veículos off-road e com a redução de exportações indiretas. Mas, aumentou o volume de aplicações hidráulicas e comercial.

ANÚNCIO