Descubra 4 vantagens de ter as ações da Energias do Brasil (ENBR3) na carteira

ANÚNCIO

A Energias do Brasil, conhecida por Energias BR ou pelo sticker ENBR3, é uma holding que atua no setor de eletricidade. Ela está listada na bolsa de valores do Brasil e atualmente vendo sendo indicada por analistas. Hoje, vamos falar mais das ações da Energias do Brasil.

Afinal, por que será que tantas pessoas estão indicando a compra desse papel? Será que é porque é uma ação barata? Ou é porque atua no setor de energia? Aliás, o que ela tem a ver com a EDP Energias? Vamos por partes e falaremos um pouco de tudo isso abaixo.

ANÚNCIO

Conhecendo a Energias do Brasil

A Energias BR foi criada pela EDP Energias de Portugal. Essa empresa veio para o Brasil através de uma participação minoritária na Companhia de Eletricidade do Rio de Janeiro. Depois, comprou 25% da Usina Hidrelétrica Lajeado, no Rio Tocantins e entrou no mercado.

Assim, a holding EDP Brasil começou a operar no país. Atualmente, ela tem um valor de mercado de R$ 11 bilhões. Sendo que são 3,5 milhões de clientes e outros projetos de transmissão em 6 estados.

Ainda nesse portfólio, nós temos 6 usinas hidrelétricas e 1 termoelétrica. Sem falar das distribuições em São Paulo, Espírito Santo e Santa Catarina. E ainda tem os leilões que ela venceu há alguns anos.

ANÚNCIO

As vantagens da Energias do Brasil

Conhecendo um pouco mais dos números da companhia, você pode ter ficado interessado pelos papéis dela, não é mesmo? Então, saiba que trouxemos aqui 4 pontos que podem ser importantes para quem está pensando em adicionar as ações da Energias do Brasil na carteira.

1 – A diversificação dos ativos

Essa é uma empresa que é bastante diversificada e isso é muito bom. Logo, ela atua com ativos em geração, transmissão e também com a distribuição de energia. E isso é bom porque permite ter vários resultados operacionais e a diminuição de riscos, também.

Lembrando que atualmente ela aumentou a sua participação no segmento de transmissão. Assim, houve uma maior previsibilidade das receitas no longo prazo. Em 2019, esse segmento tinha 9% do todo, mas para 2023 a expectativa é que tenha 22%.

2 – A estrutura financeira

A estrutura financeira da Energias BR é chamada de conservadora. Isso porque ainda considerando os últimos investimentos, ela tem uma alavancagem menor do que as outras empresas do mesmo setor.

E isso se explica pelo fato de que teve um crescimento na geração de caixa e uma boa disciplina para alocar o capital.

3 – A eficiência operacional

Mais uma questão a ser considerada como positiva é a questão das operações. A companhia tem uma boa nota quanto ao ganho de eficiência e quanto à expansão de margens, também. O motivo? Os processos robotizados, como com inteligência artificial e serviços partilhados.

4 – O pagamento dos dividendos

Agora, quem é que investe em ações hoje em dia e não curte uns dividendos caindo na conta, hein? As ações da Energias do Brasil permitem isso. Mais do que isso, a companhia é conhecida por ser uma boa pagadora de dividendos no país.

Sendo assim, desde 2014 ela mantém um pagamento que está acima de 4% de dividend yield. E a partir do próximo ano, a administração prometeu pagar o mínimo de R$ 1 com payout acima de 50% do lucro líquido ajustado. O dividendo yield ficará acima de 5%.

Mas, como nem tudo são flores

No entanto, a gente também tem que falar aqui que existem alguns pontos que devem ser observados, o que também pode ser importante para quem quer comprar um papel da Energias BR.

O primeiro ponto é sobre o risco hidrológico. Isso quer dizer que com a redução dos níveis dos reservatórios ou racionamento, tem a seca. Assim, os geradores ficam comprometidos com os contratos que possuem custos adicionais para comprar energia no mercado.

Depois, ainda temos que falar sobre o tema da regulação do setor. Isso porque a Agência de Energia Elétrica poderá extinguir as concessões antes do vencimento se for de interesse público. Isso acaba impossibilitando o retorno total dos investimentos.

O preço das ações da Energias do Brasil

Analisando rapidamente a cotação do papel da ENBR3, a gente vê um gráfico bastante constante e crescente. Desde 2004, quando o IPO aconteceu, ele se manteve em crescimento, curto e contínuo. Porém, houve uma breve queda nesse ano, que se recuperou logo.

Depois, outra curva de crescimento aconteceu. Assim, o preço inicial que era menos do que R$ 2 chegou a incríveis R$ 22,3 no começo desse ano. Mas, como sabemos, tivemos a pandemia e a cotação caiu, de novo.

Saiba o que é o desdobramento de ações no Brasil e entenda o caso da MGLU3

Agora, ela está em retomada e já recuperou boa parte, ficando em R$ 18. Atualmente, a gente tem uma queda anual de 16,18%. Mas, esse é um ano atípico, como sabemos.

As ações da ENBR3 valem a pena?

Para concluir o texto, a pergunta de ouro, não é? Então, saiba que essa é uma companhia com uma boa gestão e projetos de crescimento. Os múltiplos são baixos. Tudo isso faz da empresa recomendável para a compra, dependendo de cada individualidade do investidor.

ações da Energias do Brasil

A estratégia da companhia tem o foco em ganhos com a distribuição de proventos e maior previsão da geração de caixa. Para quem pensa no longo prazo, a Energias BR vale paradentro do setor elétrico e dentro da gama de boas pagadoras de dividendos, também.

ANÚNCIO