Conheça 5 dicas para ter sucesso ao abrir uma loja de marmitas fitness

ANÚNCIO

Com o crescente mercado do mundo saudável no mundo todo, muitos empreendedores têm cogitado a possibilidade de abrir uma loja de marmitas fitness. É possível que você também tenha pensado nisso. No entanto, nem todo mundo tem expertise para tal negócio.

Pensando nisso, a gente trouxe aqui algumas dicas que são ótimas para você começar esse negócio de forma lucrativa e organizada. Afinal de contas, pesquisas provam que muitos empreendedores falham nos seus negócios logo nos primeiros meses.

ANÚNCIO

Assim sendo, se você quer fazer diferente precisa agir diferente também. E um ótimo começo é pensar nessas dicas como sendo orientações reais e sinceras para quem quer ter diferenciais na loja de marmitas. Confira mais e saiba como começar positivamente.

O investimento em receitas, pratos e produtos

As dicas que separamos aqui são todas pensadas na criação das suas receitas saudáveis, nos seus pratos diversificados e na utilidade dos seus produtos também. Por isso, hoje não vamos nos preocupar em falar das questões jurídicas, nem burocráticas e nem mesmo estruturais.

1 – Receitas Saborosas

Uma das dicas mais importantes, que você já deve ter considerado, é pensar em receitas saborosas. Afinal de contas, ninguém em sã consciência quer comer comida ruim, né. Por isso, ainda que seja uma marmita fit, saiba que ela tem que ter sabor.

ANÚNCIO

Pode até ser que você ache que nunca vai conseguir ter uma receita que fique tão saborosa como aquela costela com farofa ou como aquela lasanha ao molho sugo. Porém, saiba que a sua salada de soja com frango pode ter um sabor que dá água na boca só de pensar.

A questão é conseguir montar uma receita que ganhe o cliente apenas pelo olhar. Então, capriche nessa montagem. Aliás, mais do que a imagem, o sabor deve ser algo muito representativo também.

2 – Variedade de Alimentos

Uma próxima dica para quem vai abrir uma loja de marmitas fitness é pensar na variedade de alimentos que você vai usar e ter e oferecer. Atualmente, muitas marmitarias incluem o cardápio fit no seu dia a dia. No entanto, sem variedade.

O que acontece é que a pessoa que se interesse por esse tipo de comida acaba repetindo o mesmo almoço todos os dias. O resultado é bastante óbvio: o cliente não vai ser fidelizado. Justamente porque ele quer opções novas todos os dias.

Ainda que todos os dias você tenha lá o seu filé de frango grelhado, saiba que é preciso ter ao menos mais 1 ou 2 opções de carnes magras. Talvez um patinho moído, um perfil assado, um filé mignon ao molho de ervas e assim por diante.

Inclusive, vale dizer que você pode ter aquele diferencial na hora de oferecer uma sobremesa, que pode ser uma maça, uma pera, uma fatia de melancia ou alimentos sem glúten.

3 – Produtos Orgânicos e Naturais

O público que vai pedir marmita fitness, geralmente, é aquele que está preocupado com a origem dos alimentos que está comendo. Então, uma boa ideia é você pensar nos orgânicos, que são um pouco mais caros, mas de uma qualidade de excelência.

Para quem não sabe, esses alimentos são aqueles livres de agrotóxicos, que tem caído no gosto de quem está preocupado com a saúde. Saiba que algumas pesquisas têm mostrado que você aumentar esses pratos em até 20% pode ser viável para ter lucro.

7 Motivos para Investir Dinheiro no Mercado Fitness

Então, nada melhor do que fazer o experimento, não é mesmo? Com certeza você vai ter que clientes que pagam 20% a mais para ter esse tipo de alimento na dieta.

Do lado do que chamamos de “Naturais”, saiba que estamos falando dos temperos naturais e não industrializados. Desse modo, você pode pensar em criar molhos de pimenta e os famosos temperos verdes também. Além de usar salsa, louro, coentro, etc.

4 – Fornecedores Confiáveis

Outra dica é você pensar em fornecedores que sejam confiáveis. Isso porque ao se tratar de alimentos orgânicos ou até mesmo naturais, como folhas e frutas, é bem provável que você tenha que apostar no fato deles estarem frescos para o seu cliente.

Até tem a opção de congelado, mas nem tudo pode ser congelado, né. Então, o conselho é que você tenha um fornecedor que entregue tais alimentos que foram colhidos no mesmo dia. isso vai garantir a procedência de qualidade, o sabor irresistível e o agrado da clientela.

Por outro lado, procure também aquelas opções que permitem o congelamento de alimentos sem que se perca os nutrientes. Isso vale para algumas frutas e até mesmo legumes, como mandiocas, por exemplo.

abrir uma loja de marmitas fitness

5 – Limpeza e Higiene

Esse último tópico não tem a ver exclusivamente com o seu alimento, mas com o ambiente onde ele será preparado. Portanto, vamos fechar o texto sobre abrir uma loja de marmitas fitness falando dessa parte importante.

E olha que nem estamos citando aqui a Vigilância Sanitária. A ideia é que você tenha um ambiente limpo para que entregue alimentos limpos também. Acredite: o que mais faz as marmitarias perderem clientes é quando entrega um alimento sujo.

Isso vale, especialmente, para as folhas. Porque na correria do dia a dia muitos auxiliares de cozinha e cozinheiros acabam “lavando” as folhas rápido demais. O resultado você já sabe: sujeira e uma má higienização. O problema é que isso traz doenças, além de ser nojento.

Por isso, se você quer ter sucesso, independente se vai vender marmitas fits ou tradicionais, tenha a consciência de que a limpeza e a higiene devem ser prioridades. Um cabelo na comida pode dar até processo, viu, além de tudo.

ANÚNCIO