5 detalhes importantíssimos para quem vai abrir uma livraria infantil

Pode parecer bobagem, mas hoje em dia tem muita gente pensando em abrir uma livraria infantil. E o motivo não está apenas em formar crianças inteligentes e educadas, mas também em ganhar dinheiro.

As livrarias ainda podem ser uma forma rentável de lucrar com um negócio próprio, ainda mais se você for uma apaixonado pelo tema.

A análise para abrir uma livraria

5 detalhes importantíssimos para quem vai abrir uma livraria infantil

O fato é que quem quer abrir uma livraria para crianças precisa pesquisar alguns indicadores da região onde quer abrir um negócio para que ele dê certo.

Também vai ser preciso avaliar o potencial do mercado local, sendo esse item essencial para aumentar a venda dos livros ou o aluguel deles.

E tem que analisar alguns índices diversos, como tamanho da população, a população economicamente ativa, o potencial de consumo, entre outros.

Toda essa pesquisa de campo que deve ser feita vem antes do que é chamado de Plano de Negócios de uma Livraria. Depois, já durante a criação do plano, essas informações assim como a avaliação da concorrência e diferenciais serão usados de forma inteligente.

E tudo isso para agregar mais público ao negócio!

Os 5 detalhes importantes

5 detalhes importantíssimos para quem vai abrir uma livraria infantil

Mas, o é importante considerar não só concorrência das livrarias tradicionais, como também o mercado de e-commerce de livros, não é mesmo?

Por isso mesmo, separamos 5 dicas bem bacanas para quem está pensando em abrir uma livraria infantil. Confira aí!

1 – A Localização da Livraria

Observe se existem escolas e creches por perto do local onde a livraria será aberta.

Pois, as crianças e pais que freqüentam esses espaços são clientes em potencial.

Outra coisa é fazer parcerias com escolas, sendo essa uma excelente aposta!

Portanto, converse com os representantes das escolas e creches próximas da sua loja e faça um acordo para distribuir seu material de divulgação, como os panfletos.

E lembre-se de incluir a agenda de eventos destinados a esse público.

Outra coisa interessantíssima para a geração de vendas é combinar com os estabelecimentos de ensino a venda dos livros adotados no ambiente escolar por preços promocionais.

2 – A Escolha do Mobiliário

É  fundamental pensar num projeto arquitetônico que preveja a existência de móveis adaptados às necessidades das crianças, afinal estamos falando de uma livraria infantil, não é mesmo?

Fique atento à altura das prateleiras, por exemplo, e prefira aquelas que deixam os livros na altura dos olhos e nas mãos das crianças. Que sejam fáceis de pegar e manusear.

Tenha cadeiras para o tamanho dos pequenos, mas também pensa em espaços para leitura conjunta de pais e filhos.

Outra dica é: não economize nas cores nem nos enfeites, que podem estar em todo o ambiente da livraria.

3 – A Promoção de Eventos

A contação de histórias, pequenas peças de teatro, atividades lúdicas, entre outras são ações importantes para atrair o público e fidelizar os clientes – sejam eles pequenos ou grandes.

Os pais buscam, principalmente, nos finais de semana, os espaços de entretenimento e cultura onde possam levar seus filhos para se divertirem.

Esteja atento para tornar a sua loja uma ótima opção para essa demanda.

Outras atividades, como pequenos shows com bandas grupos regionais oficinas de desenho ou mesmo o lançamento de livros também são iniciativas que ajudam a atrair o público.

Pense na possibilidade de organizar atividades para as crianças no período de férias também. Iniciativas assim podem ajudaa a aprofundar os vínculos entre empresa e públicos.

4 – As Feiras de Livros

Muitas cidades brasileiras realizam feiras ou bienais do livro com regularidade!

Elas são oportunidades valiosas para dar maior visibilidade à sua livraria e, com isso, aumentar o número de clientes, de vendas, de lucro.

Participar de eventos sempre foi um detalhe importante no crescimento de pequenas empresas que hoje são grandes players de vários setores. E isso vale até mesmo para as livrarias.

Por isso, é importante ocupar espaços nesses eventos para que o público que atualmente mora em outras regiões da cidade tenha a oportunidade de saber sobre a existência de seu negócio.

5 – Os Serviços Alternativos

Na hora de construir o seu plano de negócios, considere a possibilidade de incluir outras opções de serviço que agregue valor à sua loja.

Hoje em dia se fala muito em multivarejo ou conveniência, como queira chamar. É como as farmácias fazem, que além de vender remédios tem lá uma série de produtos como alimentos, bebidas, produtos, etc.

Dependendo do espaço disponível da localização da livraria você pode incluir alternativas como: brinquedoteca, aluguel espaço para jogos ou até mesmo comércio de brinquedos.

Considera ainda a possibilidade de alugar um espaço para ser explorado por terceiros dentro da loja como uma cafeteria e uma lanchonete.