7 Passos para economizar dinheiro e realizar a viagem dos sonhos, incluindo os 10 melhores aplicativos

ANÚNCIO

Thomas Gilovich é psicólogo e relatou uma pesquisa que apontou que viajar traz mais felicidade do que bens materiais. “Você fica feliz ao comprar um carro, mas a felicidade pode passar assim que você vê que seu vizinho comprou um melhor. Em uma viagem, sua experiência é tão única que chega a ser incomparável”.

Leia Também: 3 Motivos para “Pixar Fora” de Financiamento de Carro

ANÚNCIO

Outra pesquisa, feita pelo Hotel Urbano no início de dezembro passado, mostrou que 92% das pessoas disseram que queriam passar a virada do ano longe de casa, ou seja, viajando. Isso porque o ano não teve emendas de dias. “Diferente do que acontece na maioria das vezes, o Réveillon de 2016 caiu em um final de semana, o que acabou prejudicando muitos viajantes que não conseguiram folga no trabalho”, afirmou Antônio Gomes, do Hotel Urbano.

Pronto: as pesquisas apontaram. Mas, convenhamos que nem precisa, não é? Quem não gosta de viajar? Fora esses dados, sabemos dos efeitos psicológicos das viagens, são maravilhosos. Sair da rotina, tomar um café da manhã diferente, respirar um ar diferente e não ter que enfrentar aquele monte de ligações telefônicas no trabalho… Ah, é difícil encontrar alguém que não goste de viajar!

7 Passos para economizar dinheiro e realizar a viagem dos sonhos, incluindo os 10 melhores aplicativos
Reprodução: Google

O lado ruim é que realizar viagens, principalmente se for aquela dos seus sonhos, nem sempre é possível porque exige investimento financeiro e planejamento. Porém, se você tem um bom orçamento financeiro, mesmo que o custo seja alto, é possível aproveitar as férias onde você quiser. Pensando nisso, e como nosso foco é o dinheiro e suas variáveis, listamos algumas dicas para você poupar dinheiro e gastar pouco para a sua viagem!

ANÚNCIO

30 dicas práticas para economizar no dia a dia

Com uma equipe de especialistas e informações do Infomoney e Manual do Homem Moderno, separamos as melhores dicas! Leia!

1 – Época Certa

Para Lívia Aguiar, do site Eu Sou Atoa, afirma que não existe uma época certa para viajar, mesmo que você esteja pensando no custo-benefício das passagens aéreas, se for o caso. “É preciso avaliar o seu objetivo com a viagem, afinal, vale a pena pagar mais barato em uma passagem se você não vai aproveitar completamente o destino em determinada época do ano”?

Ela exemplifica falando sobre alguma viagem para as praias asiáticas. Se for fora de temporada, as passagens são mais baratas, mas, em compensação, existe a grande possibilidade dos efeitos climáticos e tempestades.

7 Passos para economizar dinheiro e realizar a viagem dos sonhos, incluindo os 10 melhores aplicativos
Reprodução: Google

Essa é a mesma opinião do Marcio Climatti, do Janela Laranja. “A melhor época depende do perfil do viajante. Há pessoas que adoram a Europa no inverno e outras que não suportam frio e preferem o verão”.

2 – Pacotes de Viagens

Na opinião dos especialistas, por mais vantajoso que pareça, os pacotes não são. Isso se o seu foco for, realmente, economizar dinheiro. Se a sua ideia é apenas poupar trabalho, aí sim, vale a pena. Para Lívia Aguiar, os pacotes fechados proporcionam armadilhas, tais como o fato de oferecer visitas em várias cidades em um período curto de tempo, o que pode causar gastos excessivos com o táxi, sendo que você poderia ir de ônibus e conhecer as mais belas paisagens.

5 regras infalíveis para você economizar dinheiro em 2017 e 5 hábitos para você deixar em 2016

Ela continua afirmando que, se o tempo for curto, você também acaba deixando de conhecer restaurantes diferentes ou, ainda, poderá perder a chance de cozinhar em casa, algo que, com certeza, sairia mais em conta.

Para outra conhecedora do assunto, Marcela Lahaud, do Canal Embarque Imediato, os pacotes são, sim, vantajosos e isso acontece porque as agências têm parceria com os hotéis e bloqueio aéreos, o que pode deixar as viagens mais em conta do que se for fechada por conta própria. “Quando você compra em uma agência, você também paga pelo serviço. E, qualquer coisa que aconteça de errado, você poderá recorrer à eles”.

3 – Tempo de Viagem

Se o assunto é tempo de viagem, qual é a duração ideal, que varia entre um preço não muito alto e o aproveitamento da viagem? Para Lívia, depende do destino, mas, no geral, é possível aproveitar uma viagem com um final de semana prolongado por um feriado, por exemplo. “Se for à Europa, aí vale pegar uns 5 dias de viagem, no mínimo, já que você vai perder 2 durante o translado.

Se a ideia é economizar e saber exatamente quando está gastando, é preciso fazer uma conta, dividir o custo total pelos dias em que ficou no lugar. “Quanto menor for o gasto, mais valeu a pena”.

4 – Dinheiro Específico

Acompanhar a situação econômica do país se for uma viagem internacional, é essencial. Para viagens pelas Américas e Ásia, é interessante levar dólares e no destino trocar pela moeda local. Em alguns países da América Central e do Sul, é possível comprar as coisas com Real. Já na Europa…

“Na Europa, principalmente no leste europeu, é muito melhor levar Euro. Na Rússia e em diversos países da África também. Se você levar em dólar, a probabilidade de ter que converter a moeda para o Euro e, depois, do Euro para a moeda local é bem maior. Nessa ocasião, você perde dinheiro”, afirma Marcela Lahaud.

7 Passos para economizar dinheiro e realizar a viagem dos sonhos, incluindo os 10 melhores aplicativos
Reprodução: Google

Como começar 2017 sem dívidas? 10 dicas para economizar dinheiro com viagens e materiais escolares: Qual o ideal quando se quer viajar? Planejar, juntar o dinheiro e quitar a viagem com descontos! Esse é o ideal, mas quantas pessoas fazem isso? Pouquíssimas. E, se você já estiver endividado, sinto muito, mas a dica é: aborte essa ideia, deixe de lado nesse ano. É melhor começar 2017 no azul e se programar para o próximo ano do que ir viajar e passar noites em claros, meus amigos. Leia Mais!

Como Economizar: 33 Maneiras de Juntar Dinheiro Rápido

Outro especialista, Fabrício Moura, conta da importância de levar dinheiro em espécie. “A gente precisa ter dinheiro em espécie para viajar, já que na migração os oficiais podem pedir para você comprovar que pode se manter lá. Eu levo uma parte em espécie e faço o câmbio no destino de acordo com a necessidade e sempre consigo melhores condições”.

5 – Mochilão

Marcio Cimatti é adepto à essa prática. “Viajar de mochilão é bem mais do que conhecer outra cidade gastando menos. É com a mochila nas costas que é possível ficar mais tempo viajando e realmente conhecendo as pessoas e acultura dos lugares”. E continua: “Você tem maior flexibilidade para mudar roteiros e mais abertura para conhecer outras pessoas”.

“A minha dica mais importante é planejar bem a logística. Dar preferencia para viagens noturnas também é uma boa estratégia. Assim você economiza com hospedagem e não fica com a ideia de quem perdeu um dia”, conta Marcela Lahaud.

No entanto, para todas as viagens, mas principalmente para os mochileiros, é preciso ficar atento aos golpes. “Os mesmos cuidados que você toma aqui no Brasil precisa tomar lá fora. Aqui você não fica exibindo o seu celular, então não faça isso no exterior. Evite também andar sozinho”, recomenda Marcela Lahaud.

6 – Peso da Mala

O sobrepeso na hora de embarcar pode te fazer gastar dinheiro, sabia? Mas essa não é a única preocupação, comenta Marcio Cimatti, que fala sobre outras dicas importantes. “É importante saber o que vai encontrar na viagem para ver se a mala está de acordo com as dificuldades encontradas”. Isso se você for pegar um barco, por exemplo.

4 Ideias para Economizar Dinheiro nas Férias e 6 Dicas de Onde Investir

Fabrício Moura também fala sobre as malas. “Eu viajo só com a mala de bordo e já falei desse assunto diversas vezes”.

7 – Gastos

É preciso, antes de fazer todos os tópicos citados acima, planejar. E nesse planejamento é preciso ter um cálculo sobre quanto pretende gastar por dia e não apenas o total. “Além disso, priorizar o turismo e não as compras é uma ótima maneira de viajar e voltar com as contas em dia”, diz Scafuro.

Extra: 10 Melhores Aplicativos para Economizar na Viagem

Com informações do Canal “Um Bilhete, Por Favor“, selecionamos os 10 melhores aplicativos para economizar dinheiro durante a viagem, ou antes dela, como é o caso do 1º app, confira!

  1. AirBNB – É um serviços que permite que qualquer pessoa coloque a sua casa ou o seu quarto para alugar. Ele é disponibilizado em vários lugares do mundo, até mesmo em lugares internacionais. É a melhor maneira de procurar um apartamento ou casa e fechar diretamente com o “anfitrião”. Nele é possível filtrar a busca, seja por número de quartos ou valor, por exemplo.
  2. Trip Advisor – É o maior site de avaliação de turismo do mundo. É um ótimo guia. Ele encontra os lugares que “estão perto de você”, por exemplo. É um aplicativo geral, que pesquisa não apenas quartos e casas, mas sim, restaurantes, atrações, atividades, entre outros.
  3. WorldMate – É gratuito, mas tem a versão paga com mais funcionalidade. É um agente de viagens, que vai organizar toda “papelada” da sua viagem, como tickets e reservas, por exemplo. Até a hora que você tem que devolver o carro, ele organiza. Para isso, basta enviar tudo por e-mail e ele organiza tudo para você.
  4. SkyScanner – Economizar com passagens é aqui: ele procura por viagens mais baratas em qualquer época do ano e para qualquer lugar. A diferença é que você tem que pesquisa data por data, e aí, você consegue ver qual é o dia mais barato.
  5. FoursQuare – É para você encontrar o que você pode fazer perto de onde esteja. Tudo dividido por áreas: compras, restaurantes, vida noturna e outros.
  6. Melhores Destinos – Você encontra dicas de passagens também, além de pode verificar os melhores lugares. É um dos favoritos para passagens promocionais, segundo a blogueira Aysha Nynon.
  7. Booking – Aluga hotéis e faz reservas no mundo inteiro.
  8. Currency – É super útil porque converte a moeda, comenta outra blogueira, Ana Carolina Alves. É um aplicativo que pode ser usado em todos os países porque converte todas as moedas. “Assim, você vai saber o que vai sair caro ou não”.
  9. Moovit – É como o Google Maps só que mais explicável, incluindo todos os tipos de transportes públicos. “Ele indica o caminho a fazer, dependendo da sua escolha, seja a pé, de ônibus ou táxi”, comenta Alves.
  10. RetailMenot – É um aplicativo de desconto de cupom, mas só se você for para os Estados Unidos, diz Alves.

SR Invest

E se falando em tecnologia, vamos apresentar também o SR Invest.

a primeira novidade é que é free, gratuito, não precisa pagar nada não! É grátis! Para acessar o aplicativo, é só entrar no Google Play e clicar no SR INVEST! “Trovó, não tem para IOS”? Calma, você está bem, né! A Apple é mais chatinha para liberar o aplicativo. Ela leva em média uns 30 dias. Então, daqui 30 dias deve estar disponível para IOS!

Bom, o que o aplicativo tem de novidade?

Antes, é preciso se cadastrar. Vocês vão começar a preencher os seus dados, inclusive inserindo qual é a faixa de capital que vocês têm para investir. Se o seu capital for alto ou baixo, não importa, uma vez que você preencher qual é a sua faixa de capital, você terá no aplicativo, em tempo real, as melhores recomendações que existem no mercado naquele momento.

EDUCAÇÃO FINANCEIRA: O QUE FALTA PARA SAIRMOS DAS DÍVIDAS E SERMOS BONS INVESTIDORES?

Capital de investimento, seus dados pessoais e uma vez que você fizer o cadastro, aí sim, você vai estar apto a navegar no aplicativo!

A primeira novidade do aplicativo é com relação às melhores oportunidades de Renda Fixa que existem. Isso é fantástico! Por quê? Muita gente, inclusive aqui do canal ainda investe em Renda Fixa através do banco e você vai perceber que as taxas são ridículas! Leia a Matéria Completa!

Com informações do Manual do Homem Moderno e Infomoney

ANÚNCIO