13º Salário: 3 Formas de Usar o Dinheiro Extra

ANÚNCIO

Ainda falta algum tempo para que isso aconteça, mas se o assunto é dinheiro, planejamento é sempre o 1º passo. Portanto, ainda que estejamos um pouco antecipado, já dá para levar em conta as possibilidades do que será possível fazer com o 13º salário. Confira as Melhores Dicas.

O 13º Salário no Brasil

Historicamente, o 13º terceiro salário é muito esperado pelos trabalhadores, tanto é que na maioria das vezes a renda extra costuma chegar como uma “mão na roda” e acaba sendo usada para equilibrar as finanças, controlar seu orçamento financeiro ou até mesmo pagar as dívidas.

ANÚNCIO

Afinal, quem já não passou por dificuldade financeira, sabe que todo dinheiro extra é sempre é bem-vindo, portanto, nada como o 13º salário.

Para fins de informação, vale ainda dizer que o 13º salário foi criado na década de 60 para os funcionários com registro em Carteira de Trabalho, desde que tenham, no mínimo, 1 mês de atuação, cumprido todas as suas obrigações com a empresa contratada.

Assim, conforme a lei, a primeira parcela do 13º salário, que equivale a 50% do valor total do qual o trabalhador tem direito, deve ser paga até o dia 30 de novembro de cada ano – sendo que a outra parte tem que ser quitada até o fim do ano.

ANÚNCIO

Como calcular o 13º Salário

Todo trabalhador tem o direito de receber o 13º terceiro salário, mas sabe o valor correto que deve ser pago? Se a resposta for negativa, então leia este artigo que preparamos para vocês, onde você aprenderá como calcular esse dinheiro extra.

Em primeiro lugar é importante você saber quanto tem direito a receber de 13º salário. Pois só com esse valor, você poderá fazer o cálculo. Esse valor, assim sendo, é baseado no seu salário atual.

Em seguida, você calcula proporcionalmente em cima dos meses trabalhados durante o ano.

Por exemplo, o trabalhador que atuou durante 12 meses, vai embolsar um salário mensal extra, que é considerado o décimo terceiro.

3 Formas de Usar o Dinheiro Extra

A música diz que dinheiro na mão é carnaval, porém, isso não deveria acontecer. Após ter posse do seu dinheiro extra, o mais recomendável é que você saiba exatamente o que fazer com ele. Separamos 3 Formas, confira agora!

1 – Compras para o Natal

Como parte do pagamento é feito até o fim de novembro, muitas pessoas o usam para fazer as famosas compras de natal – seja o presente do amigo secreto, do sobrinho querido, o Chester ou mesmo os comes e bebes.

Se você estiver com as contas em dia e seu orçamento estiver em controle, você pode aproveitar esse dinheiro para comprar os presentes para o fim de ano, mas sempre conscientizando para não exagerar no gasto.

Apesar de isso ser possível, não é o mais recomendável – ao menos, não tanto quanto as dicas que seguem.

Aliás, uma dica muito importante na hora de fazer as compras é buscar produtos em liquidação. Essa é uma ótima forma de economizar e ainda fugir das filas na hora de pagar e das lojas lotadas no final de ano.

Mas, cuidado com o consumo inconsciente e exagerado – isso normalmente custa bem caro. Veja os próximos tópicos antes de sair fazendo as compras do Natal.

13º Salário: 3 Formas de Usar o Dinheiro Extra
Reprodução: Google

2 – Quitar as dívidas

Como todo mundo sabe, a situação financeira do Brasil e do mundo está ruim. Estamos vivendo uma crise econômica. Com isso, a maioria da população está endividada, o que quer dizer que o mais aconselhável é usar o 13º salário para deixar as contas em dia e seu orçamento controlado.

É importante notar que mesmo que você tenha a impressão de que o dinheiro foi mal usado ou que você mesmo ganhando um salário extra não o aproveitou muito bem, as dívidas geram o pagamento de juros.

Quando uma pessoa paga juros à qualquer instituição, ela perde dinheiro. O pagamento de juros é um gasto extra, por isso que é tão importante quitá-las todas sempre que for possível.

Porém, muito mais do que sair das dívidas, o ideal é entender o motivo pelo qual você entrou nela – para que isso não se repita nunca mais.

3 – Investimentos Financeiros

Se você está com as dívidas pagas e com o orçamento controlado, então é melhor usar o 13º salário para bons rendimentos de aplicações financeiras.

Esse é o principal “concorrente” do gastar com compras natalinas. Investir Dinheiro ou Consumir Produtos – qual o mais viável e recomendável? Se você já leu algum artigo deste blog alguma vez, já sabe a resposta.

A teoria é muito simples. Note um exemplo: se você poupar dinheiro da 1ª parcela do 13º salário poderá ajudar a pagar as contas do começo do ano de 2018, tal qual o IPTU e IPVA.

Ou ainda melhor: se você considerar a chance de guardar esse dinheiro pensado no seu futuro, pode investir o dinheiro em alguma aplicação que lhe garanta uma aposentadoria confortável.

Se você seguir por esse caminho, terá lá na frente um conforto relevante para a sua vida, já que com uma aplicação adequada, viver de juros será consequência.

Juros das Dívidas versus Juros dos Investimentos

É lógico que se você entende o mínimo do mercado financeiro, deve ter se questionado:

  • “Como essa lógica faz sentido se os juros das dívidas são muito maiores do que os dos investimentos”?

Você está totalmente certo quanto à isso e não há contra argumentos para este caso.

No entanto, se você mudar a direção da sua visão, pode perceber que o endividamento acontece por 2 motivos básicos: quando surge algum gasto imprevisto (ou seja, que não era esperado) ou quando adquirimos algum bem que não tínhamos dinheiro a vista (ao qual acabamos por financiá-lo).

Sendo assim, ainda que opte por quitar essas dívidas, você vai precisar juntar dinheiro, concorda?

Essa ação – de juntar dinheiro – é que é o 1º passo para entrar no mercado de investimentos. Logo, mesmo que opte por quitar as suas dívidas, o ideal é fazer isso investindo dinheiro, ao mesmo tempo.

Se você ficou confuso, observe que, de forma prática, quando conseguimos organizar nossa vida financeira, pensando em investir dinheiro, conseguimos frear o consumo e os hábitos consumistas. E isso faz sobrar dinheiro no final do mês.

Sim, você consegue fazer sobrar dinheiro mesmo estando endividado e esse é o grande segredo!

Por Que Investir Dinheiro

Você tem que ter um motivo para Investir Dinheiro e no caso das pessoas endividadas, o melhor objetivo é pensar em uma Reserva Financeira. Desse modo, o novo investidor passa a ter o que os analistas chamam de “Segurança Financeira”, onde as possibilidades de você precisar de um novo “empréstimo” vão ser diminuídas.

Em termos emocionais, o sentimento de conseguir economizar dinheiro todos os meses serão tão prazeroso que acaba por incentivar as pessoas não apenas a economizar mais e mais, mas também a estudar e buscar conhecimento sobre o mercado do dinheiro.

13º Salário: 3 Formas de Usar o Dinheiro Extra
Reprodução: Google

Assim sendo, mesmo quando você tiver um imprevisto, a sua vida financeira não vai precisar virar de cabeças para o ar, sendo que você terá o dinheiro a vista ou, no mínimo, vai conseguir encontrar as melhores alternativas para manter o equilíbrio financeiro.

Como Enriquecer mesmo com Dívidas

Bem, a regra é muito simples, mas nela há muitos detalhes. Portanto, vamos combinar o seguinte: nós adiantamos qual é o segredo para você enriquecer mesmo tendo algumas dívidas a pagar, porém, se você quiser ir além e conhecer os investimentos certos para aplicar dinheiro, você terá que assistir à 4 vídeo-aulas TOTALMENTE GRATUITAS.

Pode ser assim?

Então, nós vamos cumprir a nossa parte do contrato.

É o seguinte: você vai precisar ter um excelente cronograma financeiro. Essa é a chave do negócio. Nesse planejamento tem que estar tudo, realmente tudo: gastos e receitas. Centavo por centavo… até a bala que você comprou na padaria.

Depois, você vai precisar dividir seu planejamento da seguinte forma:

  • 70% para cobrir as despesas mensais,
  • 20% para pagar as dívidas,
  • 10% para investimento.

Essa é a regra, ok?

Se a sua renda mensal não der para cobrir os 70% dos gastos, você terá 2 opções de escolha:

  1. Aumentar a receita (com trabalhos freelancers, por exemplo), ou
  2. Diminuir esses gastos (cortando os jantares fora de casa, por exemplo).

A melhor notícia de todas é que essas 2 opções são possíveis de serem realizadas e, melhor do que isso, de formas muito mais simples do que você imagina.

Aqui no blog nós já fizemos várias listas de como você pode conseguir economizar dinheiro e diminuir os gastos, assim como já mostramos como é possível conseguir um dinheiro extra mesmo mantendo o atual emprego. Se você não viu nada disso, vamos deixar algumas indicações no final do artigo.

Depois, sobre os 20% para pagar dívidas, não há muitas questões. Você vai precisar renegociar todas as suas dívidas e, se possível, coloca-las em uma única dívida.

Aí, você tem que saber quanto representa 20% do seu salário e combinar com o seu credor de fazer esse pagamento mensal, mesmo que para tanto aumente o prazo de pagamento final.

Já sobre os 10% para investimentos, o único grande segredo é saber qual a melhor aplicação a escolher. E isso, vamos combinar, não é tão fácil quanto parece. Você precisará analisar muitos fatores, como taxas, impostos, rentabilidades, liquidez, entre outros.

Dicas importantes Sobre Investimentos Financeiros

Conforme os especialistas existem algumas dicas importantes que devem ser levadas em conta, confira cada uma delas:

  • “Faça um pé de meia” sempre que o seu orçamento estiver sob controle,
  • Não se esqueça das despesas do fim de ano – festas e presentes,
  • Lembre-se dos impostos – com materiais escolares;
  • Pague as contas altas – o ideal é começar por elas.
13º Salário: 3 Formas de Usar o Dinheiro Extra
Reprodução: Google

Prioridades: O que é o Tesouro Direto?

“Quitar contas em atraso, por exemplo, devia vir antes de qualquer desejo de compra. E mesmo aqueles que estão com despesas em dia, precisam refletir sobre o melhor uso do dinheiro extra. Poupar ou aplicar parte dos recursos, por exemplo, são hábitos que fazem muita diferença, seja para realizar sonhos ou para uma aposentadoria mais sustentável”, afirma o educador do SPC Brasil, José Vignoli.

Investir Dinheiro para a Aposentadoria? É isso mesmo. Tanto é que aqui no Blog nós já mostramos como isso é possível e muito fácil. Um exemplo desse investimento é o Tesouro Direto, conhecido também por ser a forma de investir dinheiro mais democrática do Brasil.

Entre as vantagens, estão:

  • Baixa Taxa de Administração
  • Tem autonomia para o investidor Decidir
  • Acessível para todos investidores
  • De fácil controle e monitoramento
  • Possui liquidez
  • É uma aplicação conservadora

Agora, o detalhe é que investir no Tesouro Direto é mais seguro do que investir na Poupança, além de ser mais rentável também. Quer conhecer mais do Tesouro Direto? Acesse: O que é Tesouro Direto – Os 5 Melhores Motivos para Aplicar no Investimento Mais Democrático do Brasil.

Atual Situação Financeira

A pesquisa feita pelo SPC mostrou também que 36% dos entrevistados acreditam que a própria situação financeira piorou em relação à 2015. Desse total, a maioria apontou que a própria renda diminuiu e a outra parte afirmou que o motivo é a perda do emprego. 81% dos entrevistados disseram também que está otimistas em relação à 2017.

E se você também é um dos otimistas e quer saber como enriquecer, precisa ler nosso texto sobre as 5 melhores dicas. São elas:

  1. Importe-se com o seu dinheiro
  2. Só dinheiro não traz felicidade
  3. Gastar menos do que ganha
  4. Dinheiro consignado e cartão de crédito
  5. Comece sua aposentadoria

Agora se você quer saber os detalhes sobre esses tópicos, vai precisar ler o texto na íntegra.

E mais! Se você tem o interesse em fazer como o nosso fundado, Trovó, que com apenas 14 mil reais conseguiu atingir 1 milhão de reais em menos dos 30 anos, você tem uma bela oportunidade com o um curso online e gratuito. É um workshop de 4 vídeos aulas e para participar é muito fácil: basta fazer o cadastro abaixo.

Com informações da hintigo, jconline, uol e idec

ANÚNCIO